cab desportos motorizados

O WTTC (Mundial de Carros de Turismo) sofreu grandes transformações este ano. Mesmo quem não acompanha de perto a modalidade o consegue perceber ao ver os carros.

As principais mudanças podem ser vistas neste vídeo:

Como o vídeo está em inglês, e eu próprio não percebo grande coisa da língua inglesa, vou escrever aqui o mais importante. Os carros passam a ter cerca de 80 cavalos (cv) a mais, ficando agora com 380 cv. O restritor da admissão do turbo também aumenta, ficando com 36 mm no total, um aumento de três mm e as jantes foram aumentadas em uma polegada (17’’ para 18’’). Com este aumento de potência, e como forma de melhor ‘segurar’ os carros, surge agora um enorme aileron traseiro.

As diferenças entre os carros de 2013 e 2014 vistas no carro de Tiago Monteiro. Fonte:
As diferenças entre os carros de 2013 e 2014 vistas no carro de Tiago Monteiro.
Fonte: lusomotores.com / supermotores.net
Anúncio Publicitário

A outra grande novidade da temporada de 2014 do WTCC é a chegada da Citroën ao campeonato. Com ela veio Sébastien Loeb, que assim passa das estradas para as pistas e aumenta a procura pela competição, que está longe de ser a mais visionada entre os desportos motorizados.
A temporada de 2014 já contou com dois grandes prémios (GP), em Marrocos e França, e volta a ter em Tiago Monteiro o único português na competição. Portugal viu ainda perder o seu GP esta temporada, mas deve de voltar em 2015 com o Circuito da Boavista.

A marca francesa tem tido um início de época memorável e leva por vitórias todas as quatro corridas disputadas (cada GP tem duas corridas): duas pelo argentino José Maria Lopez, que comanda o campeonato com 85 pontos, uma por Loeb, e a outra pelo campeão mundial Yvan Muller. Os três pilotos estão nas três primeiras posições da classificação, pela ordem aqui escrita. Por marcas, o líder também é a Citroën, que tem 186 pontos contra 103 da Honda, a equipa de Monteiro, que conseguiu ficar em terceiro na segunda corrida de França e que está em sexto do mundial, com 30 pontos.
Dias 3 e 4 de maio regressa a competição, com o GP da Hungria no circuito de Hungaroring.

Comentários