Anterior1 de 5Próximo

Há cerca de ano e meio, em conversa com o Mário Cagica, calhou em conversa falarmos sobre CM01/02, ou Championship Manager 01-02, e em fazer algo sobre o mesmo aqui no Bola na Rede.

Na altura seguia o trabalho que o Ian Macintosh fazia (e faz) no Set Pieces, e onde começou um projecto no Everton FC na tentativa de o levar à glória em Terras de Sua Majestade.

Daí, surgiu um artigo sobre um onze composto pelas grandes pérolas do jogo, onde Portugal estava em destaque, com alguns jogadores nacionais a serem vistos como verdadeiros “Deuses” do simulador. Hugo Pinheiro, os “manos” Paralta e Tó Madeira são figuras incontornáveis do jogo lançado no primeiro ano do novo milénio e que ainda hoje ecoam no mundo virtual.

LÊ MAIS: Os 11 magníficos do CM 01-02

Assim, decidi voltar atrás no tempo e voltar a “brincar” com um jogo que se irá fazer 18 anos em 2019 e começar na Segunda Liga Portuguesa e num clube histórico do nosso futebol…

Anterior1 de 5Próximo

Comentários