O FIFA 20 pode tornar-se no nosso melhor amigo nos últimos dias. O Covid-19 acabou-nos com o futebol ao vivo (pelo menos para já). Para além de nos ter feito esta maldade, obriga-nos a estar em casa, cumprindo um isolamento preventivo essencial para que se evite o contágio generalizado desta pandemia. Para vocês, “gamers”, o sobejamente conhecido modo “Ultimate Team” (que vamos tratar ao longo do texto pela sua abreviatura “FUT”), presente no videojogo FIFA 20, é uma das válidas opções para que cumpra dois objetivos essenciais: mate as saudades do “desporto-rei” e passe o tempo sem que esteja aborrecido.

Uma das mecânicas mais engraçadas e que mais causa expectativa em todos aqueles que querem melhorar as suas equipas, é a “Equipa da Semana”, mais conhecida como “TOTW” (“Team Of The Week”). Aqui, a EA – empresa por detrás deste sucesso global – faz uma recolha de jogadores que se destacaram durante os fins-de-semana futebolísticos a que estamos tão habituados, revelando-os normalmente às quartas-feiras da semana seguinte.

O aliciante é que estes jogadores têm melhorias nas suas características – umas mais significativas que outras –, mas que se traduzem sempre num aumento quer da pontuação geral, quer da sua avaliação de mercado. Até ao aparecimento deste surto de Covid-19, que levou à suspensão dos campeonatos e consequentemente desta mecânica, o FUT tinha já 26 TOWT lançadas.

Aquilo a que me propus foi fazer uma recolha de todas as vezes que a nossa Primeira Liga Portuguesa apareceu na TOTW, através de jogadores que tiveram melhorias. Na Semana nove, o primeiro a aparecer foi Alex Telles, do FC Porto. Normal, um lateral que marca penalties, livres e cantos, jogando num clube grande, tem sempre mais visibilidade lá fora. Tanto, que viria mesmo a repetir a sua presença, ganhando uma “melhoria da melhoria”, já na TOTW 21. Depois temos os grandes em destaque: Jesús “Tecatito” Corona (17), Bruno Fernandes (18), Pizzi (14), Carlos Vinicius (13) e Vlachodimos (17).

Anúncio Publicitário
A melhor TOTW do futebol português, a número 17, com a presença de quatro jogadores e representação de igual número de clubes
Fonte: EA Sports

Para além dos “três grandes” terem mais visibilidade, o que é normal, creio que as TOTW podiam ter mais presença de jogadores da nossa Primeira Liga Portuguesa, e já excluindo da equação SL Benfica, FC Porto e Sporting CP. Até ao momento, o SC Braga tem dois jogadores, Ricardo Horta e Matheus (17 e 18), o Famalicão FC tem Uros Racíc (17) e o Vitória SC tem João Carlos Teixeira (22).

As ligas de Inglaterra, Espanha, Alemanha, Itália, França e até Holanda têm muita representação, porque são as melhores, onde se joga melhor futebol e onde estão os melhores executantes. No entanto, na minha opinião, a Primeira Liga Portuguesa não é inferior à Liga Turca, Grega ou até mesmo a Chinesa (que aparece mais vezes do que aquilo que devia).

Por tudo isto tomei a liberdade de destacar alguns jogadores que, para mim, mereciam fazer parte da TOTW do FIFA 20:

Filipe Soares (Gil Vicente FC 1-5 Moreirense FC, Jornada 19): Jovem de grande qualidade com apenas 20 anos. É um médio com muito sentido posicional e que acrescenta a tudo isso a capacidade para finalizar. Neste jogo encheu o campo e marcou dois golos num terreno sempre difícil, em Barcelos.

Diogo Gonçalves (FC Famalicão 3-1 Sporting CP, Jornada 23): Mais uma presença de um jogador famalicense parece-me justa. O jovem formado no SL Benfica fez a cabeça em água à defesa leonina, numa partida que contava com um Silas já na porta de saída de Alvalade. Grande época e mais dois golos, exibindo-se a um grande nível para os “grandes” verem.

Mehdi Taremi (CD Aves 0-4 Rio Ave FC, Jornada 20): Tem sido uma das principais figuras dos vila-condenses, que se encontram em quinto lugar. Neste jogo só marcou um golo, de penalti, mas pelo que faz jogar, pela inteligência de movimentos, permite que os colegas apareçam em zonas de finalização.

Ricardo Costa (Boavista FC 2-0 Vitória SC, Jornada 19): É certo, não deslumbram pelo futebol bonito, de constante pressão e de ataque às balizas adversárias, mas a verdade é que estão tranquilos no meio da tabela, fruto de uma boa solidez defensiva. Isto muito se deve ao veteraníssimo Ricardo Costa, um central que sabe muito do processo defensivo e, neste desafio, manietou de forma clara um Vitória SC que gosto de muito de ver jogar.

Edmond Tapsoba (Vitória SC 5-0 Belenenses SAD, Jornada 9): Sim, já não mora na cidade berço, mas também Bruno Fernandes já não está no Sporting CP e teve direito a uma carta TOTW. Jogo imperial na defesa, à semelhança de muitos outros, onde se via que ia ficar em Portugal por pouco tempo. O central de “gelo”, pela sua frieza a marcar penalties. Nem que fosse por isto, merecia ter entrado para selecção do FIFA 20.

Com certeza que haveria mais, mas deixo ao vosso critério: Concordam com a selecção? Que jogadores consideram poder ter feito parte da “Equipa da Semana” no Ultimate Team?