cab futsal

Devo realçar que, após um hiato superior a um ano, é com enorme satisfação que volto a escrever para o “Bola na Rede”. Quero aproveitar para agradecer a toda a equipa a compreensão para com as minhas dificuldades atuais e a oportunidade que me voltaram a dar de escrever o meu artigo semanal.

Mas, pronto, voltando ao que realmente me traz aqui, a análise da época que se avizinha, é de salientar que, comparando com o que sucedeu no futebol, a pré-época no futsal está a ser, até ao momento, substancialmente mais calma. Mas, até à supertaça, que marca a abertura oficial da nova época, ainda podem ocorrer surpresas de última hora.

O campeão nacional, Benfica, mantém a sua estrutura-base (saíram Mancuso, Pablo del Moral, Xande e Victor Hugo e entraram Fábio Cecílio, Fernando Wilhelm e Mário Freitas, além da promoção de Tiago Fernandes) e é de prever que volte a lutar taco a taco com o outro grande candidato, Sporting, que registou a grande contratação do defeso, o guarda-redes brasileiro Marcão, contratado ao Kairat Almaty do Cazaquistão. É um reforço importante para o Sporting, pois apresenta-se como um jogador que acrescenta experiência ao plantel leonino (já foi campeão europeu pelo seu anterior clube) e também pelo seu passado de águia ao peito. Para além do jogador brasileiro, é de fazer o destaque para a contratação dos italo-brasileiros Alex Merlim, Fortino e Cavinato, assim como para o regresso de Gonçalo Portugal após empréstimo ao Fundão, que colmataram as saídas de Alex, Cristiano, Marcelinho, Fábio Aguiar e Cássio.

Para além dos 2 grandes do nosso futsal, há uma série de outras equipas que muito provavelmente estarão a disputar as fases mais adiantadas do campeonato, de onde se destacam o Sp. Braga, a AD Fundão, o SL Olivais, o Belenenses, os Leões de Porto Salvo ou mesmo o Modicus Sandim, equipas que, a par do Sporting e do Benfica, são as mais fortes candidatas a disputar o play-off, que reúne o top 8 no fim das 26 primeiras jornadas.

O Benfica vai ter a difícil missão de tentar manter o título na Luz Fonte: Blogue 'Benfica 365'
O Benfica vai ter a difícil missão de tentar manter o título na Luz
Fonte: Blogue ‘Benfica 365’

Em termos de estrutura técnica, todos os principais clubes a mantêm. Seja Joel Rocha, campeão e vencedor da taça de Portugal na última época ao serviço do Benfica; Nuno Dias, vice-campeão pelo Sporting e campeão em 2013/2014, que dá sinais de ser um treinador muito astuto e competente ao serviço dos leões e que deseja recuperar esta época o título de campeão nacional; ou mesmo Paulo Tavares, que irá tentar este ano vencer um troféu com o seu SC Braga/AAUM, seja o campeonato ou até a taça de Portugal. Veremos se os Guerreiros do Minho se conseguirão transcender esta época e conquistar um título que seria histórico para o clube minhoto.

A antevisão está feita e resta-nos esperar pelo dia 30 de Agosto para a bola começar a rolar. Será 2016 um ano memorável para Benfica, Sporting ou outro clube qualquer? Quem irá acabar o ano a festejar? Resta-nos acompanhar a ação esta temporada, aproveitando para desejar um ótimo ano a todos os clubes e que no fim possamos todos dizer que ganhou a melhor equipa em campo, seja ela qual for.

Comentários