Anúncio Publicitário
Anterior1 de 2

Um dos maiores vultos do Futsal a nível mundial é Português, conta neste momento com 36 anos e ainda dá cartas na modalidade, como podemos constatar no presente campeonato do Mundo a decorrer na Lituânia. Este foi o ponto de partida para o meu artigo desta semana.

Anúncio Publicitário

A “FINTAR” DESDE CEDO

Ricardo Filipe da Silva Duarte Braga nasceu e cresceu no bairro de Timor, na freguesia de Valbom no concelho de Gondomar. Inserido num contexto familiar complicado, dado que os seus passavam muitas dificuldades chegando mesmo a ter faltado comida no seu lar, acaba por nascer no dia três de setembro de 1985.

Com a droga e o crime à porta de casa, o jovem soube sempre afastar-se dessas más influências, acabando por ser arrebatado pelo futebol. Inicialmente praticava-o na rua e mais tarde no estádio Municipal de Valbom.

Aos treze anos, após participar no torneio 25 de abril em Fânzeres, também pertencente ao concelho capital da filigrana é aí descoberto por António Frasco, à data técnico de formação no FC Porto.

A temporada seguinte iniciou e o jovem decidido a aceitar a proposta do ex- futebolista, vai treinar à experiência ao clube do dragão, momento esse que ficaria para sempre recordado pelos piores motivos pois aquando da chegada para prestar provas é-lhe comunicado que Ricardo não possuía altura suficiente para praticar o desporto rei, refira-se que o “astro”  mede 1.65m. Destroçado com a situação, cumpre uma espécie de luto permanecendo mais de um ano sem dar um pontapé na bola.

CAROLINA SILVA, A RESPONSÁVEL PELA MUDANÇA PARA O FUTSAL

Com 17 anos e durante uma brincadeira com os amigos na zona onde vivia jogando o então denominado Futebol de Salão, chama à atenção da técnica Carolina Silva, sendo convidado por esta a ingressar no Gramidense FC, clube da sua cidade. Aí começa neste desporto, impressionando de tal forma que na época seguinte e apenas com 18 anos logra dar o salto para o FC Miramar, clube de Vila Nova de Gaia  que à data militava no escalão máximo da modalidade.

A AFIRMAÇÃO E A IDA PARA UM GRANDE

Em 2002/03, sagra-se o atleta revelação da I Liga Nacional de Futsal, sendo seguidamente contratado pelo SL Benfica. Aí vence tudo o que havia para vencer: três Campeonatos, três Taças de Portugal e duas Super Taças, cimentando o clube da Luz, que ainda se estava a afirmar no desporto a nível  nacional, como o maior rival do Sporting CP que já havia aberto a secção da modalidade  cinco anos antes.

Anterior1 de 2

Anúncio Publicitário

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome