cab futsal

Hoje tenho a minha cadela como musa inspiradora, o que não está propriamente a resultar, porque eu olho para ela com carinho e ela olha para mim como se eu fosse atrasado mental;
no meio desta troca de olhares intensa, ainda rebola para eu lhe fazer festinhas na barriga.
Cadelas… há vários sentidos para a palavra cadela; caso não saibam, há pessoas que empregam a expressão “cadela” quando alguém está fortemente embriagado. “Eía ganda cadela” é uma expressão taberneira relativamente usual. O que é que se passa é que, depois de ver o jogo da selecção de ontem e a paragem cerebral do Rui Patrício, eu só posso acreditar que ele estava com “uma ganda cadela” quando se trocou todo e pensou que estava a jogar com os de branco.

http://www.zimbio.com/photos/Rui+Patr+cio/Portugal+v+Spain+UEFA+EURO+2012+Semi+Final/D5MQInNU1Mf
Fonte: zimbio.com

Podia ficar aqui o dia inteiro a falar do passe preciso do Rui Patrício ou das fintas fabulosas do Nani – se o deixassem, o homem fintava a grande muralha da china, isto sem passar a bola, porque o futebol para o Nani é um jogo de equipa: ele e a bola são uma equipa, os outros que se orientem.

Mas nem tudo é mau no panorama futebolístico nacional: enquanto jogadores como o Rui Patrício confundem o Pepe com o Ben Basat (o que é natural: agora que o Pepe tem cabelo, atrofia toda a gente) e a Selecção Nacional de Futebol vai de mal a pior, a Selecção Nacional de Futsal descobre quem vai defrontar no Europeu de Futsal 2014, que se vai realizar na Bélgica. E surpresa das surpresas, qualificaram-se… SEM PLAYOFFS! Sem espinhas, em primeiro do grupo, só com vitórias. Assim dá gosto!

http://pt.uefa.com
Quadro de Playoffs
Fonte: UEFA.com

Esperemos que se portem bem e que tragam o caneco para casa, tarefa nada fácil com selecções como a Espanha, o Azerbaijão ou mesmo a Itália a competir. Desde que não se lembrem de começar a jogar com os adversários em vez de contra eles, pode ser que consigam uma gracinha; equipa para isso temos, falta-nos, se calhar, um discurso motivacional do Ben Basat: “Acreditem até ao fim, pode ser que eles confundam as camisolas”.

Comentários