A CRÓNICA: SPORTING NÃO DEU HIPÓTESES À OPOSIÇÃO BRACARENSE

O início do encontro ficou marcado por uma entrada forte do Braga, culminando num remate forte ao poste da baliza leonina logo no primeiro minuto. Mas o Sporting rapidamente tomou o controlo da partida e os golos não demoraram a aparecer. Cardinal inaugurou o marcador aos dois minutos, respondendo da melhor maneira a um pontapé de canto. De seguida foi Cavinato a marcar com um excelente remate de primeira de fora da área.

O Braga bem tentava aparecer em jogo, mas após desperdiçar uma grande oportunidade (dois bracarenses isolaram-se perante Guitta, com o guarda-redes levou a melhor) o Sporting fez o 3-0. Pany Varela rematou de fora da área, apanhando Vítor Hugo desprevenido.

O jogo só voltou a ter emoção na segunda parte, devido a outra entrada fulgurante dos “Guerreiros”. No entanto, após um falhanço inacreditável de Cássio, o Sporting fez o 4-0 por intermédio de Alex.

Só quando o Braga colocou o guarda-redes avançado é que chegou ao golo, através de Cássio. Mas ainda antes do final, Taynan marcou o quinto do Sporting, aproveitando outra distracção de Vítor Hugo.

A FIGURA

Fonte: Sporting CP

Plantel do Sporting CP – Exibição muito sólida de toda da equipa. Nenhum indivíduo se destacou, mas sim a união do Sporting, tanto a atacar como a defender, alcançando assim uma vitória justíssima.

O FORA DE JOGO

Fonte: SC Braga // AAUM Futsal

Vítor Hugo – A sua desatenção custou dois golos à sua equipa, o que, efectivamente, terminou com as esperanças da mesma. Estas falhas de atenção não deviam acontecer a um guarda-redes com a sua experiência.

ANÁLISE TÁCTICA – SPORTING CP

Sempre conseguiu controlar o adversário com os quatro jogadores de campo, não necessitando da habitual ajuda de Guitta na manobra ofensiva. Também defendeu muito bem os contra-ataques do Braga.

CINCO INICIAL E PONTUAÇÕES

Guitta (8)

João Matos (6)

Alex (7)

Alex Merlim (7)

Cardinal (7)

SUPLENTES UTILIZADOS

Gonçalo Portugal (6)

Bernardo Paçó (6)

Tomás Paçó (6)

Erick (7)

Taynan (7)

Pauleta (5)

Deo (7)

Diego Cavinato (8)

Pany Varela (8)

 

ANÁLISE TÁCTICA – SC BRAGA

A principal arma ofensiva era mesmo o contra-ataque, mas estes foram quase sempre mal aproveitados. Após a colocação do guarda-redes avançado, a equipa demonstrou saber jogar muito bem em 5×4 e criou três ocasiões flagrante de golo, marcando apenas numa.

CINCO INICIAL E PONTUAÇÕES

Vítor Hugo (3)

Nílson (6)

Coelho (5)

Márcio (5)

Cássio (6)

SUPLENTES UTILIZADOS

Leandro Costa (5)

Douglas Moraes (5)

Bruno Cintra (5)

Amílcar gomes (5)

Ricardo Lopes (5)

Daniel Rosa (7)

Ricardinho (5)

Gustavo Rodrigues (5)

Allan Guilherme (5)

Foto de Capa: Sporting CP

Comentários