O plantel do SL Benfica perde um dos seus principais ativos no que concerne ao seu plantel sénior de futsal. O brasileiro Fernandinho foi anunciado como reforço do Kairat Almaty para a próxima temporada 2020/21.

Desportivamente, é uma grande perda para o clube encarnado. Mas a sua idade já avançada (37 anos) e a alta folha salarial que o jogador canarinho representava para os cofres das águias permitem aliviar o esforço financeiro, sobretudo quando estamos numa fase em que muitos clubes, um pouco por todo o mundo, enfrentam problemas graves de tesouraria – e o SL Benfica não é exceção.

Nesta altura, já se registaram várias saídas no plantel benfiquista e apenas uma entrada (o internacional russo Ivan Chishkala), o que significa que apenas nove jogadores têm presença garantida no plantel da próxima época desportiva.

Ivan Chishkala é, até ao momento, o único reforço conhecido do SL Benfica
Fonte: Gazprom-ugra

Isto não significa que não haja mais tempo do que suficiente para reforçar devidamente o elenco, até porque a contratação cirúrgica do jogador leste europeu, atendendo à relação qualidade-idade, foi brilhante, no meu entender. É, no entanto, necessário um período de adaptação a um país e um estilo de jogo completamente diferente daquilo a que está habituado na distante Rússia.

Anúncio Publicitário

Não vejo necessidade de se deixar de investir em jovens valores portugueses – não só na formação de jovens talentos como na contratação e valorização do jogador nacional. Isto é algo que tem sido feito em épocas anteriores e que tem trazido para a ribalta internacional jogadores como André Coelho, Tiago Brito, Fábio Cecílio, só para recordar os elementos mais recentes.

Conforme já detalhámos em artigos anteriores, existem muitos (e bons!) valores portugueses em equipas de menor valia teórica, pelo que há muito por onde escolher. Mas as águias terão gente competente nessas áreas. Em termos de renovações, a mais sonante foi a do guardião brasileiro Diego Roncaglio, peça-chave na baliza encarnada, que divide o protagonismo nesta posição específica com o campeão europeu André Sousa.

Para a semana, irei analisar o comportamento neste mercado do eterno rival desportivo do Benfica: o Sporting CP.

Foto de Capa: SL Benfica

Artigo revisto por Mariana Plácido

Comentários