cab futsal

Esta semana vou optar por destacar o feito que o Sporting CP alcançou no Futsal português, no passado fim-de-semana, ante a equipa dos Leões de Porto Salvo, no qual os (legítimos) aspirantes a campeões nacionais nesta época esmagaram, sem apelo nem agravo, a equipa dos arredores de Lisboa por concludentes 8-1, ultrapassando os 100 golos em jogos a contar para a Liga Sport Zone, ao fim de 18 jornadas. É, de facto, um registo extraordinário, sobretudo se levarmos em conta que, para além de ser, obviamente, o melhor ataque, é simultaneamente a melhor defesa de todas as 14 em competição, com apenas 16 golos sofridos (contando que já estão disputados 18 jogos, a média é inferior a um golo por jogo). Apesar de todos estes dados impressionantes, o Sporting não está, atualmente, na liderança isolada do campeonato, pois o SL Benfica também está a fazer uma época bastante regular, embora não tão espetacular como o seu rival. Encontram-se empatados na liderança, com 49 pontos fruto de 16 vitórias, um empate e uma derrota, mas com vantagem para os encarnados em virtude da vitória no clássico da primeira volta, por 2-1.

Mas o que me levou mesmo a escrever o artigo foi a vontade em enaltecer o grande fulgor apresentado pela equipa leonina, que já nesta época logrou vencer a Taça da Liga. Para a enorme pujança ofensiva têm contribuído bastante os dois jogadores italo-brasileiros contratados este Verão, nomeadamente o Rodolfo Fortino e o Diego Cavinato, que, aliados à grande qualidade já existente no plantel, como por exemplo Diogo, Pedro Cary, Fábio Lima ou Caio Japa, transformaram o Sporting num autêntico rolo-compressor capaz de devorar cada adversário.

Uma das contratações mais importantes no Sporting, Rodolfo Fortino Fonte: Sporting cp
Uma das contratações mais importantes no Sporting, Rodolfo Fortino
Fonte: Sporting CP

A consistência defensiva deve-se à contratação de um guarda-redes com créditos firmados, não só em Portugal, onde defendeu a baliza do Benfica, mas também na Europa, ao ter no currículo uma UEFA Futsal Cup ao serviço dos cazaques do Kairat Almaty. Tal como em termos atacantes, a contratação de Marcão, aliada à qualidade já existente nos defensores leoninos, permite estes resultados muito interessantes. Basicamente, a contratação cirúrgica destes elementos, que acrescentam muita qualidade ao plantel do Sporting, transformou a equipa leonina para melhor esta época, garantindo uma equipa mais forte e empenhada em devolver a hegemonia em termos nacionais ao Sporting Clube de Portugal. Para já, essa missão está a correr bem, pois conquistaram o único título disputado até ao momento. Será que vão conseguir conquistar os próximos? É uma questão complicada, que pode começar a ser desvendada daqui a duas semanas, quando houver mais um clássico, na 20.ª jornada do escalão principal. Embora esta fase inicial não decida nada, é importante para ver como é o comportamento da equipa de Nuno Dias perante adversários de maior valor.

Foto de capa: Sporting CP

Anúncio Publicitário
Artigo anteriorGrão a grão…
Próximo artigoO favorito Fenerbahçe SK
Estuda economia em Coimbra, mas não deixa de prestar especial atenção ao que se passa no universo do desporto. O desporto preferido é Ténis, mas não perde uma oportunidade de acompanhar a Académica e o Benfica nas mais variadas modalidades.                                                                                                                                                 O Eduardo escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.