spot_imgspot_img

    Os 5 momentos decisivos do Sporting CP x CR Leões de Porto Salvo | Futsal

    modalidades cabeçalho

    O Sporting CP conseguiu derrotar o CR Leões de Porto Salvo como esperado. No entanto, as dificuldades sentidas pelos Leões de Lisboa especialmente na primeira parte, levaram a que o jogo estivesse quase sempre em aberto para os homens de Porto Salvo. Os visitantes conseguiram colocar-se por três vezes em vantagem.

    Com este resultado, a equipa de Nuno Dias mantém-se empatada no topo da tabela com 35 pontos acompanhado de SC Braga e SL Benfica que também venceram nesta 14.ª jornada da fase regular.

    1.    Visitantes na frente com emprestado da casa

    Ainda com as equipas a entrarem em jogo, no primeiro minuto, o guarda-redes André Correia lançou longo para Cary que amorteceu para Wesley Reinaldo atirar forte de fora de área para a surpreendente vantagem inicial do Leões Porto Salvo. De realçar que o golo marcado foi de um jogador emprestado pelo próprio Sporting aos visitantes.

    2.   Golo de baliza a baliza

    Já depois do Sporting ter conseguido o 1-1 por Sokolov, o Leões Porto Salvo não desistiu e conseguiu o golo de uma forma inusitada. Guitta adiantou-se da baliza leonina para rematar à trave. A bola acabou por sobrar para o guarda-redes dos visitantes que fez um disparo de baliza a baliza e recolocou a formação de Mário Silva em vantagem aos seis minutos.

    3.   Reviravolta antes do intervalo

    Fonte: Carlos Silva/Bola na Rede

    Para a estabilidade da equipa da casa e favorita à partida era fundamental ficar na frente do marcador o mais cedo possível. Aos 15´, Pany Varela estabeleceu a igualdade (3-3) e, quatro minutos depois, o mesmo jogador colocou pela primeira vez o Sporting a vencer. Guitta redimiu-se de certa forma do segundo golo sofrido e fez a assistência para Varela no 4-3. Assim, a equipa treinada por Nuno Dias foi para o intervalo a vencer.

    4.   Quinta falta dos visitantes

    O Leões Porto Salvo entrou na segunda parte só com duas faltas cometidas. Todavia, em cerca de dois minutos de jogo, a formação de Oeiras cometeu três infrações e chegou à quinta falta por Ruan Silvestre.

    Com um livre direto no horizonte caso fizessem mais uma falta, os homens de Porto Salvo acabaram por ficar limitados. Desse modo, o Sporting aproveitou para alargar a vantagem e controlou com outro conforto o resultado.

    5.   Três de diferença

    Futsal Sporting
    Fonte: Carlos Silva / Bola na Rede

    Depois da quinta falta do Leões Porto Salvo, o Sporting chegou pela primeira vez a uma vantagem mais alargada com um golo de Diogo Santos aos 28 minutos. Contudo, aos 35m e já com os visitantes a apostarem no 5×4, os bicampeões nacionais chegariam ao 6-3 por Pany Varela.

    Guitta fez uma defesa incompleta e a bola sobrou ao internacional português que rematou da sua área para a baliza adversária, completando um hattrick no encontro. A vitória ficou consolidada e os visitantes apenas conseguiram reduzir para dois golos de diferença o antigo jogador do Sporting, Pedro Cary.

    - Advertisement -
    spot_img

    Subscreve!

    Artigos Populares

    Pedro Filipe Silva
    Pedro Filipe Silvahttp://www.bolanarede.pt
    Curioso em múltiplas áreas, o desporto não podia escapar do seu campo de interesses. O seu desporto favorito é o futebol, mas desde miúdo, passava as tardes de domingo a ver jogos de basquetebol, andebol, futsal e hóquei nacionais.
    0 0 votes
    Article Rating
    Subscribe
    Notify of
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments
    Bola na Rede