Anterior1 de 4Próximo

Cabeçalho modalidadesO Sporting CP começou da melhor maneira a Ronda de Elite da Uefa Futsal Cup, ao vencer a equipa belga do FP Halle-Gooik por 3-2.

A equipa leonina dominou por completo a primeira parte, com os belgas do Halle-Gooik a conseguirem fazer apenas um remate à baliza defendida por Marcão nos primeiros 20 minutos de jogo. E foi precisamente o guardião do Sporting que fez o único golo da primeira parte, com um forte remate, quando faltavam pouco menos de sete minutos para o intervalo. No lance seguinte ao golo, a equipa belga criou o seu único lance de perigo, com o remate de Thiago Bissoni a passar a milímetros do poste.

A equipa belga apareceu mais atrevida na segunda parte, e nos quatro primeiros minutos já tinha conseguido dois remates perigosos, ambos bem resolvidos por Marcão. Aos cinco minutos da segunda parte, o Sporting fez o 2-0 após boa abertura de Deo, que descobriu Divanei à entrada da área.

Caio Japa faz o 3-0 num bom remate, a nove minutos do fim, após interceptar um passe de Tiago Carpes. Pouco tempo depois, Gréllo rematou uma bola ao poste, dando sinal que a equipa belga não veio a Lisboa passear.

Marcão foi o primeiro a faturar pelo Sporting CP Fonte: Número f
Marcão foi o primeiro a faturar pelo Sporting CP
Fonte: Número f

Os últimos cinco minutos foram o melhor exemplo disto, com Juan Zamora, treinador da equipa belga, a apostar no guarda redes avançado, e a verdade é que a equipa belga marcou pouco depois por Bissoni. A pressão da equipa forasteira aumentou ainda mais, conseguindo novamente marcar, mas a apenas oito segundos do final, por intermédio do português Leitão, que fez os cerca de 20 adeptos da equipa belga celebrar.

Vitória justa dos leões, que perceberam que não vão ter a vida facilitada para chegar às quatro equipas finais da competição. O próximo adversário dos leões é o Nacional Zagreb, num jogo que pode definir quem passa à próxima fase.

Nuno Dias era um treinador satisfeito no final do jogo, e quer mostrar, no jogo contra o Zagreb,  que é a equipa mais forte do grupo, mas relembrou que só dentro de campo é que se prova a superioridade. Já o treinador dos belgas lamentou que o jogo não tivesse mais dois minutos, mas ficou muito satisfeito com a exibição dos seus jogadores.

Anterior1 de 4Próximo

Comentários