logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

HC Braga 1-3 SL Benfica: Regressar e não tropeçar

modalidades cabeçalho

A CRÓNICA: CHEGAR, MARCAR E CONTROLAR. ÁGUIA DESLOCOU-SE AO MINHO E VENCEU A PARTIDA NA PRIMEIRA PARTIDA

Depois da paragem para o Campeonato do Mundo – que terminou com a vitória da Argentina -, HC Braga e SL Benfica voltaram aos jogos internos para acertar calendário com a realização desta partida em atraso, referente à 3.ª jornada.

Depois de um início equilibrado, com as águias a pressionarem alto os bracarenses, Nil Roca arrancou pela direita, “sentou” Gonçalo Meira e picou sobre Nelson Filipe, fazendo o primeiro golo da partida (0-1). A equipa de Nuno Resende foi à procura do segundo golo, mas assim que o HC Braga foi atrás do prejuízo, chegou ao empate: Rúben Pereira recebeu a meio-campo e passou para Tomas Korosec, que puxou para a quina direita da área e desferiu um grande remate para o 1-1.

Todavia, o Benfica respondeu quatro minutos depois, através de um contra-ataque conduzido por Nicolia, com o argentino a servir Gonçalo Pinto à boca da baliza (1-2). As águias aproveitaram bem esta nuance contra a corrente e, em cima do intervalo, voltaram a ferir a equipa da casa no contra-ataque, com Poka a concluir junto à baliza (1-3).

Esse resultado seguiu para o segundo tempo, depois de uma primeira parte em que os encarnados foram mais eficazes e aproveitaram as transições rápidas para chegarem à vantagem confortável.

Na etapa complementar, a partida foi menos espetacular, com as duas equipas a continuarem a dividir o jogo e o HC Braga a revelar a sua ineficácia. No final, os três pontos ficaram em Lisboa e o Benfica continua 100% vitorioso no Campeonato Nacional, igualando o OC Barcelos.

A FIGURA

Carlos Nicolía – A vida continua a correr bem ao argentino de 36 anos que, há pouco mais de uma semana, se sagrou campeão do Mundo, em casa, frente a Portugal. Hoje, no regresso aos ringues nacionais, mais uma excelente partida de Nicolía, com influência direta no resultado e na exibição da sua equipa. Não marcou, mas operou a reviravolta e sentenciou o resultado com duas assistências, ao conduzir, nos dois momentos, as transições da sua equipa.

O FORA DE JOGO

Vitor Hugo – Em sentido inverso, o experiente Vitor Hugo Pinto foi a cara da ineficácia bracarense nesta partida. Aos 38 anos, é a principal referência ofensiva desta equipa e hoje não conseguiu fazer o golo nas diversas ocasiões que teve. Com quatro golos em 11 jornadas está ainda longe dos 37 golos que marcou na época passada, uma das melhores da longa sua carreira.

ANÁLISE TÁTICA – HC BRAGA

Face ao poderio do adversário, Tó Neves apostou numa equipa teoricamente defensiva, mas que acabou por disputar muito bem a partida e lutou pelos pontos até ao fim da partida. Ironicamente, foi travada nos contra-ataques, numa fase em que encostou o Benfica à sua área. Na parte final, a intensidade acabou por pesar e a equipa já não teve força para correr atrás do marcador.

5 INICIAL E PONTUAÇÕES

Nelson Filipe (8)

Gonçalo Moreira (7)

Diogo Seixas (6)

Vítor Hugo (6)

Pedro Mendes (7)

SUBS UTILIZADOS

António Trabulo (7)

Tommy Korosec (7)

Tiago Almeida (6)

Rúben Pereira (6)

ANÁLISE TÁTICA – SL BENFICA

Vitória importante numa partida pouco brilhante, mas competente da equipa de Nuno Resende. O Benfica foi competente na entrada na partida, pressionou o HC Braga em busca do golo e, numa fase em que o adversário até estava por cima, abriu o marcador. Depois, reagiu bem ao tento sofrido e apresentou uma eficácia fundamental que acabou por decidir a partida. Na 2.ª parte, os jogadores controlaram o jogo, fizeram o adversário patinar atrás da bola e venceram justamente.

5 INICIAL E PONTUAÇÕES

Pedro Henriques (8)

Pablito Álvarez (7)

Lucas Ordoñez (7)

Nil Roca (8)

Roberto Di Benedetto (7)

SUBS UTILIZADOS

Diogo Rafael (7)

Carlos Nicolía (8)

Poka (8)

Gonçalo Pinto (8)

Foto de Capa: SL Benfica

O Tiago nasceu em Abrantes e, atualmente, estuda em Portalegre, cidade para onde partiu em busca do seu sonho no meio do Jornalismo. Está ligado ao Desporto desde sempre e gosta de rebater as suas opiniões até à última. O Ciclismo e o Futebol - não o 'jogo da bola' - são as suas paixões, sem nunca descurar o Hóquei em Patins, o Futsal e o brilhante mundo dos Esports.

O Tiago nasceu em Abrantes e, atualmente, estuda em Portalegre, cidade para onde partiu em busca do seu sonho no meio do Jornalismo. Está ligado ao Desporto desde sempre e gosta de rebater as suas opiniões até à última. O Ciclismo e o Futebol - não o 'jogo da bola' - são as suas paixões, sem nunca descurar o Hóquei em Patins, o Futsal e o brilhante mundo dos Esports.

[my_elementor_post_nav_output]

FC PORTO vs CD TONDELA