SL Benfica 4-1 Sporting CP: O super voo da águia

    - Advertisement -

    A CRÓNICA: RESOLVER NA PRIMEIRA PARTE PARA CARIMBAR NA SEGUNDA

    O Pavilhão da Luz recebeu, ao final da tarde deste sábado, mais um dérbi de Hóquei em Patins. Depois da vitória dos leões na Elite Cup e das águias na primeira volta do Campeonato, os rivais de Lisboa teriam de decidir hoje quem iria seguir para a Final-Four da Taça de Portugal 2021/22. Nesta competição as duas equipas já se defrontaram por sete vezes, com o SL Benfica a sair vitorioso nas seis partidas anteriores.

    Sem qualquer baixa a registar nas duas equipas, Nuno Resende e Paulo Freitas apresentaram-se na máxima força. A jogar em casa, contando com o importante apoio dos seus adeptos que marcaram presença nas bancadas da Luz, o Benfica teve um arranque mortífero e arrumou com a partida logo na primeira parte. Aos 10’, transição rápida das águias, Gonçalo Pinto serviu Lucas Ordoñez e o argentino rematou de pronto para o 1-0. Dois minutos depois, Platero cometeu penálti sobre Álvarez e, na conversão, Nicolía enganou Girão, fazendo o 2-0.

    O Benfica continuou a evidenciar a sua supremacia na partida e, à beira do intervalo, Diogo Rafael atirou ao poste direito da baliza do Sporting. Logo a seguir, Ferran Font empurrou Edu Lamas contra a tabela e viu azul. Na conversão, Ordoñez permitiu a defesa a Girão e acabou rasteirado por Nolito Romero dentro da área. Com uma falta altamente displicente, o argentino deixou a sua equipa reduzida a três e permitiu que o Benfica beneficiasse de mais um penálti. No frente a frente com Ângelo Girão, Carlos Nicolía voltou a enganar o guarda-redes e aumentou para 3-0, resultado que seguiu para o intervalo e que revelava o fulgor ofensivo do Benfica, aliado à eficácia.

    No segundo tempo, a equipa de Paulo Freitas entrou com outra mentalidade e decidida a inverter a toada ofensiva do Benfica. Todavia, numa fase em que os leões estavam por cima, Edu Lamas viu a desmarcação de Pablo Álvarez, passou-lhe a bola e o espanhol desferiu um remate fortíssimo que só parou no fundo das redes (4-0). Esse golo acabou por esmorecer o Sporting que, ainda assim, beneficiou de um penálti na jogada seguinte. Porém, na conversão, Nolito Romero permitiu a intervenção a Pedro Henriques.

    Fonte: Carlos Silva / Bola na Rede

    Sem grande história no que restou da partida, o Benfica voltou a beneficiar de um Livre Direto aos 43’, desta feita devido ao facto dos leões atingirem as dez faltas. Na conversão, Pablo Álvarez acabou atirar ao lado. Aos 46’, Ferran Font arrancou com a bola, colocou-se pelo meio das pernas de Edu Lamas, deambulou para o meio e atirou a meia altura para o 4-1. Momentos depois, Verona agrediu Edu Lamas e viu azul. No seguimento, o espanhol também acabou por ver o azul devido a protestos, juntamente com Platero. No minuto seguinte, foi a vez de Diogo Rafael ver azul, colocado a partida num 3×3.

    Ferran Font acabou por ser o destaque, pela negativa, destes últimos minutos. Primeiro, atirou por cima na cobrança do Livre Direto e, a seguir, por ter visto o seu segundo cartão azul, acabando por prejudicar injustificavelmente a sua equipa, à semelhança do que já havia acontecido frente ao FC Porto. Ainda assim, o internacional espanhol foi o melhor jogador da sua equipa. A partida acabou por chegar ao fim, com o SL Benfica a golear o seu grande rival e a seguir para as meias-finais da Taça de Portugal, sem grandes dificuldades.

    A Final-Four será disputada nos dias 8 e 9 de abril, em Paredes. O SL Benfica junta-se, assim, a FC Porto e UD Oliveirense nessa fase, sobrando a última vaga para o vencedor da partida que vai opor o Valença HC ao OC Barcelos.

    A FIGURA

    Fonte: Carlos Silva / Bola na Rede

    Carlos Nicolia – Velhos são os trapos, diz a velha máxima. Podia perfeitamente aplicar-se ao argentino de 35 anos, que tem feito mais uma época de grande nível e sido peça fundamental na sua equipa. Esta tarde foi igual. Frente ao Campeão Europeu e Nacional, Nicolía voltou a demonstrar porque é um dos melhores jogadores do mundo e catapultou a sua equipa para a vitória, bisando em dez minutos. Com toda a sua experiência foi fundamental na defesa e ataque.

     

    O FORA DE JOGO

    Fonte: Carlos Silva / Bola na Rede

    Nolito Romero – Foi expulso na partida da primeira volta do Campeonato, realizada na Luz, esteve em risco de falhar esta partida devido a nova expulsão nos Oitavos de Final e agora voltou ao Pavilhão da Luz para sair com mais uma exibição cinzenta. Entrou mal na partida – muito à imagem dos seus companheiros – e acabou por cometer uma falta desnecessária que culminou no segundo golo das águias. Na segunda parte, ainda desperdiçou um penálti e a sua equipa ressentiu-se do jogador que, na presente temporada, já marcou três golos diante do Benfica.

     

    ANÁLISE TÁTICA – SL BENFICA

    Exibição irrepreensível das águias diante do seu eterno rival. Nuno Resende contou com a sua equipa na máxima força e apresentou o seu cinco habitual. Com a experiência a imperar na sua defesa, conteve muito bem as investidas leoninas, investindo no seu ataque irreverente que não deu grandes hipóteses ao adversário. A pressão alta e as linhas subidas acabaram por causar muitas dificuldades ao Sporting.

     

    5 INICIAL E PONTUAÇÕES

    Pedro Henriques (8)

    Diogo Rafael (8)

    Edu Lamas (7)

    Lucas Ordoñez (8)

    Gonçalo Pinto (7)

    SUBS UTLIZADOS

    Rodrigo Vieira (7)

    Carlos Nicolía (9)

    Pablito Álvares (8)

    Pol Manrubia (8)

    Poka (7)

     

    ANÁLISE TÁTICA – SPORTING CP

    À semelhança do seu adversário, também Paulo Freitas se apresentou na Luz com o seu plantel na máxima força, depois do regresso de Nolito Romero, que cumpriu suspensão na passada semana. O Sporting foi surpreendido e apanhado desprevenido pela grande entrada do Benfica e acabou por sofrer três golos logo no primeiro tempo. Quando tentaram responder, Pedro Henriques impôs-se e a sorte do jogo acabou por voltar a sorrir às águias. De positivo fica o golo de Ferran Font e mais uma excelente exibição de Girão.

     

    5 INICIAL E PONTUAÇÕES

    Ângelo Girão (8)

    Alessandro Verona (7)

    Matías Platero (6)

    Toni Pérez (6)

    Nolito Romero (5)

    SUBS UTILIZADOS

    Ferran Font (7)

    João Souto (6)

    Henrique Magalhães (6)

     

    Foto de Capa: Carlos Silva / Bola na Rede

    Artigo de opinião da autoria de Tiago Alexandre

    Artigo revisto por Joana Mendes

    - Advertisement -
    spot_img

    Subscreve!

    Artigos Populares

    De Vrij tem um pretendente em Espanha

    O defesa Stefan de Vrij, do FC Internazionale Milano,...

    Trippier renova contrato com o Newcastle

    O lateral direito Kieran Trippier renovou o contrato que...

    5 países com um novo selecionador para 2023

    O Mundial do Qatar 2022 (e o seu apuramento)...

    Marco Silva quer médio do Torino

    O Fulham FC, treinado pelo português Marco Silva, quer...

    Uruguai castigado de forma pesada por incidentes no Mundial 2022

    A FIFA aplicou pesados castigos a quatro jogadores da...
    Tiago Alexandre
    Tiago Alexandrehttp://www.bolanarede.pt
    O Tiago nasceu em Abrantes e, atualmente, estuda em Portalegre, cidade para onde partiu em busca do seu sonho no meio do Jornalismo. Está ligado ao Desporto desde sempre e gosta de rebater as suas opiniões até à última. O Ciclismo e o Futebol - não o 'jogo da bola' - são as suas paixões, sem nunca descurar o Hóquei em Patins, o Futsal e o brilhante mundo dos Esports.
    Bola na Rede