Anterior1 de 2Próximo

Cabeçalho modalidades

Na última quarta-feira do mês de novembro, o FC Porto deslocou-se até São João da Madeira para defrontar a AD Sanjoanense, num encontro a contar para a 8ª jornada do nacional de hóquei em patins. Numa noite onde o jogo apenas teve um sentido, o Porto venceu facilmente por 8-2.

O jogo teve um início equiparado, onde ambos os conjuntos tiveram vários e largos períodos de posse de bola, embora ninguém conseguisse criar grande perigo á baliza adversária. No entanto, aos sete minutos de jogo e após uma jogada estudada, na sequência de um livre na quina esquerda da área, Gonçalo Alves abriu o ativo. Segundos depois, o mesmo Gonçalo Alves sofreu uma falta para livre-direto. Hélder Nunes, não conseguiu levar a melhor sobre David Nogueira.

A vantagem no marcador, demonstrou um Porto a tomar conta das operações e a construir várias oportunidades, mas a falhar, sistematicamente, na altura da finalização. Por seu lado, a Sanjoanense procurava o jovem, internacional inglês, Alex Mount para sair em contra-ataque e tentar assustar Carles Grau. Aos dezassete minutos de jogo, os azuis e brancos tiveram uma grande oportunidade de voltar a marcar, mas Rafa desperdiçou uma grande penalidade.

O final da primeira parte estava cada vez mais próximo e a Sanjoanense tornava-se cada vez mais acutilante. Todavia, no seguimento de uma jogada onde quase marcou, o Porto chegou ao 2-0, após uma transição rápida concluída por Ton Baliu.

O 2-0 era um resultado mais justo, tendo em conta o que se passava em pista, apesar de ainda ser bastante curto para o que Porto vinha fazendo.

Perto do intervalo, num período em que os dragões estavam em superioridade numérica, em virtude de um cartão azul visto por Francisco “Chico” Barreira, o Porto acabou por cometer a sua 10ª falta, que o jovem Diogo Casanovas, jogador emprestado pelo conjunto portista á Sanjoanense, não conseguiu marcar ao acertar no poste da baliza de Grau. Deste modo, o conjunto orientado por Guillem Cabestany, chegava ao intervalo a vencer por apenas 2-0.

Anterior1 de 2Próximo

Comentários