A ANTEVISÃO: CONFRONTO DE TITÃS

Depois de mais de 500 jogos ao longo da temporada, finalmente chegou a noite mais esperada de todos: o Super Bowl LIV. E os fãs não poderiam ter pedido melhor embate.

Miami vai ser o palco onde será encontrado o vencedor da época 2019/2020 da NFL, um ano marcado pelo centésimo aniversário da liga norte-americana, e onde o espetáculo estará praticamente garantido dado o nível dos intervenientes.

Frente a frente a melhor defesa contra o melhor ataque da liga. Estrelas de um lado e do outro, treinadores experientes e massas adeptas apaixonadas pelas suas equipas, este vai ser um duelo que tem tudo para ser memorável.

Anúncio Publicitário

Visto por muito como a melhor equipa desde o início da época, os San Francisco 49ers dominaram desde o primeiro jogo e conseguiram chegar aqui. Depois de uma época fraca e desapontante o ano passado – em muito devido à lesão de Jimmy Garoppolo, quarterback dos 49ers, em Setembro de 2018 frente a estes Kansas City Chiefs – São Francisco surpreendeu tudo e todos e tomou de assalto a NFC.

Com Kyle Shanahan ao comando, uma das mentes mais criativas no plano tático, o head coach conseguiu aproveitar ao máximo as qualidades da equipa. Apoiados numa das melhores defesas vistas nos últimos anos e com um ataque em corrida invejável, os 49ers são simples e eficazes nas suas ações. Tal como Shanahan diz: “Vamos fazer o nosso jogo até que eles arranjam forma de nos parar”, e assim é. Apoiados nos seus pontos fortes, cumprem o seu plano até serem obrigados a mudar. E se ninguém arranjar forma se os parar, eles continuam sem pensar duas vezes.

No entanto, o seu adversário deste domingo não é uma equipa qualquer.

Os Kansas City Chiefs são, sem sombra de dúvida, o melhor ataque da liga e têm ao leme o quarterback mais talentoso que a NFL viu desde os dias em que Aaron Rodgers estava no seu topo de forma. Patrick Mahomes é dos quarterbacks mais eletrizantes – talvez a par de Lamar Jackson dos Balttimore Ravens – e constantemente tira “coelhos da cartola” que deixam qualquer adepto a perguntar se está a ver futebol americano ou um espetáculo de Luís de Matos.

Andy Reid é o head coach, e a sua experiência foi fundamental para o sucesso até agora visto. Depois da derrota no AFC Championship a época transata, Reid reforçou a sua defesa, mudou de coordenador defensivo, e o resultado está à vista de todos. Os Chiefs melhoraram a olhos vistos e atingiram o Super Bowl pela primeira vez desde 1970 – Super Bowl IV que acabaram por vencer.

É impossível prometer emoção e excitação desde o início ao fim do jogo, mas se tudo correr bem e as estrelas se alinharem sobre Miami, o Super Bowl LIV tem tudo para ser um dos mais emocionantes e renhidos de que há memória com a qualidade existente nos dois lados. Quanto a prognósticos? Esses têm que ficar para depois do jogo.

COMO JOGARÃO OS 49ERS?

A equipa de São Francisco é o melhor ataque em corrida da liga e Kyle Shanahan é um dos treinadores mais criativos no que toca a arranjar soluções e formas de abrir espaço para os seus running backs correrem. Este será o ponto mais importante do jogo.

Se os 49ers conseguirem impor o seu jogo em corrida e ter bola em sua posse o máximo de tempo possível, os Kansas City Chiefs vão ter muitas dificuldades em ultrapassar a defesa de São Francisco que é a melhor da liga no que diz respeito ao passe.

JOGADOR A TER EM CONTA

Fonte: NFL

Nick Bosa – O rookie de São Francisco revolucionou a defesa e grande parte do sucesso da equipa se deve a ele. Extremamente forte e com um físico imponente, Bosa é dos defensive ends mais rápidos da liga e vai ser um perigo constante para Patrick Mahomes.

COMO JOGARÃO OS CHIEFS?

A grande arma de Kansas City é o seu quarterback Patrick Mahomes. Sem dúvida o melhor da liga na sua posição – muitos já o colocam na categoria de melhor ou mais talentoso de sempre apesar de este ser apenas o seu segundo ano como titular –, é um perigo para qualquer defesa dado o seu braço. Eficaz, forte e preciso, Mahomes consegue fazer qualquer tipo de passe, independentemente da dificuldade, parecer um simples lançamento que qualquer um poderia fazer.

A chave para uma vitória de Kansas será a sua capacidade em aguentar a linha defensiva de São Francisco e conseguir controlar o jogo em corrida de Raheem Moster, Matt Breida e Tevin Coleman.

JOGADOR A TER EM CONTA

Fonte: NFL

Patrick Mahomes – Kansas City vencerá, ou perderá, graças a Mahomes. Dada a sua qualidade e a pressão que lhe tem sido colocada pelos media norte-americanos, ele será o fator “x” caso os Chiefs queiram conquistar a sua segunda Super Bowl.

Foto de Capa: NFL

artigo revisto por: Ana Ferreira