Cabeçalho modalidadesVão jogar-se no próximo domingo as finais de conferência na NFL com os jogos Jacksonville Jaguars – New England Patriots e Philadelphia Eagles – Minnesota Vikings.

Destas quatro equipas só os Patriots foram campeões da NFL mas todas as equipas têm argumentos para levantar o troféu Vince Lombardi em Fevereiro.

Os Minnesota Vikings apresentam uma história muito rica em termos de presenças em superbowls com quatro, todas nos anos 70. Era a época dos “Purple People Eaters” uma linha defensiva dominante que garantiu ainda dez presenças consecutivas nos playoffs (1968-1978). Para o domínio dos Vikings contribuiu ainda o seu estádio, o Metropolitan Stadium, que nesse período garantia aos Vikings uma vantagem psicológica (e fisiológica) de enfrentarem os seus adversários muitas vezes em temperaturas negativas.

Os Vikings fazem do frio a sua fortaleza  Fonte: Flickr - Amy Meredith
Os Vikings faziam do frio a sua fortaleza
Fonte: Flickr – Amy Meredith

Para reforçar esta ideia podemos ainda constatar que desde a saída do Metropolitan para estádios cobertos, os Vikings nunca mais chegaram a um superbowl, nem mesmo em 1999 quando contavam com futuros Hall of Famers, como eram os casos de Randy Moss, Cris Carter ou John Randle, e onde bateram todos os recordes atacantes à data, ou em 2009 com Favre e Adrian Peterson.

Em 2010 o teto do seu estádio coberto desabou e ao longo de dois anos os Vikings tiveram de se mudar para um estádio ao ar livre. Essa mudança demonstrou a tenacidade dos adeptos dos Vikings com muitos deles a aplaudirem esta mudança e a pedirem para a equipa abraçar o seu lado nórdico.

O conforto dos adeptos e patrocinadores ganhou e hoje os Vikings têm um novo estádio coberto.Veremos se a história se altera e os Vikings conseguem chegar a um superbowl.

Foto de Capa: Flickr – Joe Bielawa

Comentários