cab Rugby

No dia 31 de Maio, o CDUL conseguiu pôr um fim à maré de derrotas contra o GD Direito, ao vencer a final do campeonato nacional por 19-15, no desafio disputado no Estádio Universitário de Lisboa. Os universitários conquistaram assim o 19º título de campeão nacional, recuperando o troféu que tinham perdido para o mesmo rival na época passada, e que esta época já tinha vencido a Taça de Portugal, a Supertaça e a Taça Ibérica.

Apesar de se terem notado alguns erros nas duas equipas, que não se deveriam notar numa final Nacional, é de louvar a ‘muralha’ que o CDUL conseguiu manter forte durante todo o jogo, o que impediu os advogados de passar a linha de ensaio e conseguir a vitória.

Os universitários começaram bem o jogo, com um primeiro ensaio do capitão Gonçalo Foro e um segundo ensaio de Tomás Appleton. No entanto, Gonçalo Malheiro conseguiu dar luta com os três pontapés de ressalto, deixando o resultado a 12-9 no final da primeira parte.

Na segunda parte, o CDUL regressou ainda mais forte e unido, mostrando claramente que não tencionava perder mais um título para os advogados. Francisco Appleton seguiu o exemplo do seu irmão e superou a linha de três-quartos do Direito, garantindo um 19-9 no marcador.

Anúncio Publicitário

No entanto, os advogados ganharam força após o primeiro ensaio da segunda parte, apesar de continuarem dependentes de Gonçalo Malheiro, que conseguiu de novo reduzir o marcador, com duas penalidades, para 19-15.

Os últimos 20 minutos foram de muita tensão, e João Silva quase virou o resultado. No entanto, foi impedido por uma placagem de Tomás Appleton, autor de uma das melhores exibições da partida.

No final do jogo, notou-se um domínio dos advogados. No entanto, nem os atletas António Aguilar e Diogo Coutinho, que tinham acabado de entrar para o seu jogo de despedida do Rugby, conseguiram derrubar a muralha forte do pack avançado e linha de três-quartos do CDUL, que garantiu assim a vitória azul.

Comentários