O Super Rugby Aotearoa está decidido. Além do tricampeonato conseguido no Super Rugby, os Crusaders somam também a vitória nesta competição de cariz diferente do habitual. Desde o momento em que Scott Robertson assumiu o papel de treinador principal, a franquia de Christchurch venceu 59 dos 69 jogos realizados.

De modo a vencer a competição, os Crusaders tiveram de bater os Highlanders, que, apesar da derrota, conseguiram causar muitas dificuldades ao rival da ilha sul. Em termos defensivos, os Landers dominaram o breakdown, tendo Sio Tomkinson, Ash Dixon e Dillon Hunt sido as figuras principais neste capítulo, ao conquistar inúmeros turnovers. Além do mais, a sua line speed conseguiu, em certa medida, pressionar e limitar a utilização do espaço dos três quartos dos Crusaders, principalmente nos primeiros quarenta minutos.

As únicas oportunidades de que o conjunto da casa dispôs na primeira parte surgiram de um jogo ao pé excessivo por parte do par de médios dos Highlanders, pontapés esses que foram aproveitados pelo trio defensivo dos Crusaders para contra-atacar e ganhar metros.

Na segunda metade, viu-se um encontro jogado mais à mão, em que a linha de três quartos dos Crusaders fez a diferença nos 20 minutos finais. Depois da oportunidade desperdiçada de Bryn Hall, George Brigde conseguiu somar dois ensaios em tantos minutos, dificultando, deste modo, a tarefa do adversário, que se viu reduzido a 14 jogadores devido a uma carga alta e sem bola de Sio Tomkinson.

Anúncio Publicitário

No capítulo da formação ordenada, os Highlanders, franquia com o pior registo da competição nesta fase estática, conseguiram equilibrar e conter o poderio do pack adversário. Crédito para a primeira linha da equipa de Dunedin que tinha vindo a mostrar algumas dificuldades neste aspeto do jogo.

Para conseguir o momentum shift, os Crusaders tiveram de se apresentar mais disciplinados na abordagem às diversas áreas do jogo nos segundos quarenta minutos. Além disto, a utilização mais eficiente da bola foi fundamental para conseguir reverter o resultado.

Sendo assim, a deslocação ao já esgotado Eden Park na próxima semana, em nada alterará as contas dos Crusaders neste Super Rugby Aotearoa. Já os Highlanders receberão os Hurricanes em Dunedin.

Foto de capa: Super Rugby