Anterior1 de 2

ÍTALO FERREIRA ARRASOU A CONCORRÊNCIA

A agitação do mar japonês ajudou à realização das eliminatórias finais sem interrupções de maior. A praia de Tsurigasaki já tinha entrado para a história como o local da primeira prova de Surf nos Jogos Olímpicos, mas também fica como pano de fundo dos primeiros medalhados de sempre.

Na prova masculina, Ítalo Ferreira confirmou o grande favoritismo. Habituado às ondas asiáticas, o brasileiro dominou a concorrência durante todo o torneio.

Até chegar à final, eliminou, nos quartos de final, o nipónico Hiroto Ohhara e, nas meias finais, o australiano Owen Wright.

Anúncio Publicitário

ÍTALO FERREIRA GANHA UM 9.73 NA PRIMEIRA ONDA!! #Surfing pic.twitter.com/QYLpTHkwVI

— lu in tokyo (@lucomentt) July 26, 2021

Na luta pelo ouro, o surfista venceu o japonês Kanoa Igarashi e protagonizou a melhor manobra da competição, que lhe valeu 9.73 pontos de uma assentada.

Igarashi contentou-se com a prata e, na disputa pelo bronze, o australiano Owen Wright venceu o brasileiro Gabriel Medina por 20 décimas e ficou com o último lugar do pódio.

Foto de capa: Olympics

Anterior1 de 2

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome