cab Surf

Haleiwa, Sunset e Pipeline acolhem os melhores surfistas do mundo entre 12 de Novembro e 20 de Dezembro. Mais conhecido como Triple Crown, esta série de eventos especiais em território havaiano é constituido por estes três eventos, sendo os dois primeiros Primes (etapas que ajudam os surfistas a ganharem pontos para se qualificarem para o Campeonato do Mundo) e o último o Billabong Pipe Masters.

A competição em Haleiwa já começou e o que é importante frisar é que o luso-germânico Nicolau Von Rupp, um dos dois portugueses em prova, foi eliminado no 3º round. Apesar da derrota prematura, Nic teve uma excelente prestação ao competir contra monstros do surf Mundial como Adam Mellin e Matt Wilkinson. Deste modo, Nicolau acabou em 4º lugar no heat e em 49º no Reef Hawaiian Pro, Haleiwa, conseguindo assim chegar ao Top 100 Mundial. Com este feito, o surfista da praia Grande vai poder participar nos eventos mais importantes de qualificação para o World Tour.

Anúncio Publicitário

Também o novo campeão nacional, Fredericos “Kikas” Morais, entrou nesta prova, não indo para além do 3º lugar seu heat, e perdendo assim de “primeira”.

Nic a mandar uma lequada perfeita de água     Fonte: I Online
Nic a mandar uma lequada perfeita de água
Fonte: I Online

Dia 8 de Dezembro começa o tão esperado Pipe Masters numa das ondas mais perigosas do mundo. Num fundo recheado de coral, esta onda tubular recebe os melhores surfistas para decidir o novo campeão mundial. Na disputa deste lugar de sonho estão os surfistas Mick Fanning, Kelly Slater, Jordy Smith e Joel Parkinson, que vão fazer o possíveis para ganhar.

 Fonte: http://www.aspworldtour.com/tag/billabong-pipe-masters/
Fonte: aspworldtour.com

Kirk Passmore, de 32 anos, faz parte da mais triste História dos últimos tempos envolvendo as ondas havaianas. No passado dia 13 de Novembro, dia em que entrara um swel gigante na costa havaiana, Alligators, tudo apontava para uma sessão épica de surf. Tudo estava a postos para começar. Entraram as primeiras ondas e tudo se passava na normalidade, até que Kirk apanha uma autêntica “bomba” e cai na base da onda. Depois da queda que por acaso foi de cabeça, o jovem surfista ainda levou com toda a massa de água em cima. Seguidamente a este grande wipout, segundo testemunhas, Kirk ainda levou com  as ondas que vinham a seguir, acabando por não voltar à superfície. A sua prancha foi encontrada mais tarde perto de Chun´s Reef, já sem leach (corda que serve para a prancha não fugir do surfista, uma vez que está presa ao pé e à prancha). Infelizmente, o corpo ainda não foi encontrado, mas as buscas continuam.

O camera man Larry Haynes filmou toda a catástrofe. Aqui podes assistir ao vídeo e perceber mais pormenorizadamente o que se passou.