Anúncio Publicitário

O Miami Open é um dos torneios com mais relevância do circuito mundial de ténis. Logo após Indian Wells, este evento realiza-se de 18 a 31 de março e reúne os melhores jogadores e jogadoras da atualidade. Expectativas elevadas, ansiedade por grandes partidas e um desconhecimento por quem iria erguer o troféu eram algumas das caraterísticas que surgiam dias antes do início da prova.

Os amantes da modalidade tinham vários palpites, uns pensavam que Djokovic ia mostrar que a precoce queda, na semana anterior, era só um percalço, outros acreditavam que ia ser um tenista da Next Generation a sorrir e os fãs de Roger Federer diziam que o helvético ia vingar-se da derrota na final do BNP Paribas Open.

Anúncio Publicitário

O torneio masculino começou com grandes encontros, o vencedor de Indian Wells, Dominic Thiem, foi eliminado na ronda inaugural por Hubert Hurkacz, o veterano David Ferrer (tenista que se vai reformar esta época) eliminou o segundo favorito, Alexander Zverev, e Novak Djokovic, primeiro cabeça de série, perdeu novamente contra Roberto Bautista Agut, depois de estar a ganhar por um set e um break. Chegávamos às meias-finais e estavam em provas duas das maiores promessas do ténis mundial, os canadianos Denis Shapovalov e Felix Auger-Aliassime, o campeão de 2018 e norte-americano John Isner e o campeonissímo Roger Federer.

Isner venceu Felix (com apenas 18 anos) pelos parciais de 7-6 e 7-6, depois do tenista mais novo desperdiçar a oportunidade de servir para fechar ambos os sets. Na outra meia-final, o suíço eliminou Shapovalov com uma exibição arrasadora, por 6-2 e 6-4, no final do encontro, o canandiano afirmou que Roger Federer era o melhor de todo os tempos e não tinha nenhum ponto fraco. Na final, John Isner tentou revalidar o seu título mas sem sucesso, o Maestro ganhou com alguma facilidade, pelo resultado de 6-1 e 6-4. Roger Federer , considerado o melhor tenista de sempre, conquistou o seu 101º título da carreira e já só faltam 8 para alcançar os 109 troféus de Jimmy Connors.

Vencedor: Roger Federer

Revelação do torneio: John Isner

Jovem Promessa em destaque: Felix Auger-Aliassime

Djokovic é eliminado, de novo, precocemente
Fonte: Miami Open
Anúncio Publicitário