cab reportagem bola na rede

O 1.º dia da eliminatória entre Portugal e Marrocos não poderia ter sido mais favorável às cores nacionais. João Sousa e Rui Machado cumpriram aquilo que lhes era pedido e vencerem sem qualquer contestação os seus adversários. Contando com o forte apoio vindo das bancadas do centro de alto rendimento do Jamor, a seleção Portuguesa deu assim um importante passo rumo à vitória.

O primeiro a entrar em ação foi João Sousa; Tendo pela frente um adversário muito menos cotado, Yassine Idmbarek (759º do ranking ATP), o vimaranense rubricou uma excelente exibição.

Anúncio Publicitário

Sousa quis tomar as rédeas do encontro logo desde o seu início; Atuando em cima da linha de fundo, o Português dominou a grande maioria dos pontos e Yassine Idmbarek parecia conformado. Foi por isso, sem grande surpresa, que venceu os dois primeiros sets por 6-0. No terceiro parcial o marroquino ainda tentou esboçar uma pequena reação, mas João Sousa mostrou-se imperturbável e, mesmo apesar de ter sentido algumas dificuldades para fechar o encontro, foi com a maior naturalidade que o fez.

Portugal colocava-se assim na liderança da eliminatória; Era agora a vez de Rui Machado entrar em campo para tentar ampliar a vantagem. O adversário, Lamine Quahab (330.º do ranking ATP), era, pelo menos em teoria, mais complicado, como de resto se veio a demonstrar em campo.

Rui Machado entrou forte e arrecadou o primeiro set com o parcial de 6-2. O marroquino reagiu e a segunda e terceira partida foram bastante equilibradas. No entanto, em ambas as situações, e contando com um forte impulso do público presente no Jamor, o português conseguiu fazer o break nos momentos decisivos. De realçar ainda alguns momentos de tensão entre a equipa de arbitragem e a seleção marroquina, talvez tentando perturbar a clara superioridade da seleção portuguesa.

Em conferência de imprensa, Nuno Marques realçou a importância dos resultados conseguidos no dia de hoje: “Estou muito contente com a forma como o dia correu”. João Sousa afirmou estar contente com o nível a que se exibiu reforçou a importância que o apoio do público teve no desenrolar do encontro: “Em casa é mais fácil, o público provoca isso”.

Portugal dava assim um passo de gigante em direção à vitória nesta eliminatória. João Sousa e Rui Machado estiveram à altura dos acontecimentos! Amanha, Frederico Silva e João Sousa jogam o par frente a Lamine Quahab e Younes Rachidi que pode decidir a eliminatória. O Bola na Rede vai lá estar, venha ao Jamor apoiar a seleção nacional!

Agradecimentos à Federação Portuguesa de ténis pela atribuição da credencial.