logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

Estoril Open 2022 | Ponto(s) de interesse sobre os portugueses e sobre a prova

São vários os pontos que marcam a prestação dos tenistas portugueses neste Estoril Open 2022. Um ponto final para o sonho pouco feliz de João Sousa, um ponto de exclamação para a agradável surpresa (até mais confirmação, na verdade) que tem sido Nuno Borges e um ponto de interrogação para o futuro de ambos os tenistas, na categoria de pares: João Sousa com Pablo Cuevas e Nuno Borges com Francisco Cabral.

Em pares, Sousa vai jogar ao lado do parceiro com quem mais vezes divide o circuito, Pablo Cuevas, mas o destaque não pode fugir da nova dupla sensação do ténis nacional. Depois da vitória na Taça Davis, Nuno Borges e Francisco Cabral eliminaram na ronda inaugural Ivan Dodig e Krajicek, numa partida em que o decisivo super tie-break foi adiado para esta quarta-feira. Uma entrada de rompante permitiu à dupla portuguesa conquistar mais rapidamente os dez pontos que deram a vitória na ronda inaugural.

A nível individual, as coisas não têm sido tão positivas e o sonho português terminou cedo com João Sousa a não conseguir confirmar as expectativas e a ceder, em pouco mais de uma hora, frente a um tenista que pode ser uma das surpresas do ano no circuito ATP: o argentino Sebastián Báez, em dois sets (6-1 e 6-3).

Nuno Borges com boa prestação

Já Nuno Borges, que está cada vez mais próximo do top-100, beneficiou da desistência de Pablo Andujar na ronda inaugural, embora tenha estado sempre por cima do encontro e tenha justificado claramente essa vitória. Na segunda ronda, frente a Frances Tiafoe, esteve na discussão, apesar de ter quebrado no set decisivo e de não ter conseguido pressionar o norte-americano.

Tiafoe continua a dar-se bem com Portugal e com o Estoril Open – foi frente a ao tenista que João Sousa conquistou o torneio em 2018 –, e não se sentiu desconfortável com o facto de ter o público contra si. Depois de ganhar, na Conferência de Imprensa ainda fez uma referência à presença de Neemias Queta na NBA dizendo que prefere o Estoril a Sacramento, aconselhando o português a mudar de equipa.

Fonte: Estoril Open

Apesar da eliminação de João Sousa e Nuno Borges na armada portuguesa e da queda inaugural de Dominic Thiem – uma das estrelas do torneio, mas claramente em má forma – o Estoril Open mantém ainda vários pontos de interesse: Richard Gasquet, entrada de última hora e primeiro vencedor do torneio ainda está em prova, o primeiro cabeça-de-série, Felix Auger Aliassime também, assim como o veterano Fernando Verdasco e Marin Cilic – outro ex-vencedor de grand slam presente. Que venham os próximos dias!

Foto de Capa: Estoril Open 2022

O Mário é o fundador do Bola na Rede e a pessoa que (tenta) colocar ordem na malta. Adora quase todas as vertentes do desporto (talvez só não goste mesmo de cricket). Já pensou em ser treinador de futebol por causa de José Mourinho, mas, infelizmente, a coisa não avançou e preferiu dedicar-se a outras área dentro do mundo desportivo.

O Mário é o fundador do Bola na Rede e a pessoa que (tenta) colocar ordem na malta. Adora quase todas as vertentes do desporto (talvez só não goste mesmo de cricket). Já pensou em ser treinador de futebol por causa de José Mourinho, mas, infelizmente, a coisa não avançou e preferiu dedicar-se a outras área dentro do mundo desportivo.

[my_elementor_post_nav_output]

FC PORTO vs CD TONDELA