Anterior1 de 3Próximo

Está desfeito o sonho de João Sousa. Perante um motivadíssimo David Goffin, o tenista português não conseguiu demonstrar argumentos para batalhar pelo triunfo e falhou assim o acesso aos quartos-de-final da competição.

Vindo de lesão, David Goffin parece estar a encontrar, no Estoril, o inicio de uma série positiva que lhe permite recuperar várias posições no Ranking Mundial. Os parciais de 6-3 e 6-2 confirmaram o adeus do campeão em título ao Estoril Open deste ano, numa exibição pobre e sempre controlada pelo adversário.

Desta forma, sem João Sousa, as esperanças de ver um brilharete português ficam reduzidas a João Domingues (214.º), que tem um verdadeiro duelo de “David vs. Golias” frente ao grego Stefanos Tsitsipas (10.º) nesta sexta-feira, às 13h, no Estádio Millennium.

Em relação ao resto do dia, destaque para os apuramentos de Pablo Cuevas (6-2 e 7-5 a Filippo Baldi), Malek Jaziri (7-6 e 6-1 a Leo Mayer) e para Francis Tiafoe, que teve muitas dificuldades para afastar o nipónico Nishioka (2-6, 6-3 e 7-6).

Foto de Capa: Millennium Estoril Open

Anterior1 de 3Próximo

Comentários