sporting cp cabeçalho 2

Dei conta em junho deste ano, aqui mesmo no espaço do Bola na Rede do Sporting Clube de Portugal, do ressurgimento da secção de Voleibol Sénior Masculino a Alvalade após um período de 22 anos de interregno. Referi também, nessa altura, que a equipa se estava a construir com excelentes valores e que se estava a proporcionar, por isso mesmo, um “regresso de leão”: com Hugo Silva, ex-selecionador nacional, ao leme como treinador da equipa e Miguel Maia como “astro”, os leões reforçaram-se a valer para esta primeira temporada, após décadas de ausência da modalidade no que aos escalões seniores masculinos diz respeito.

Mas o que muitos talvez não estivessem à espera era que a equipa leonina desse já tão precocemente mostras de todo o esforço, dedicação, devoção e glória. Estes Leões do voleibol já rugem, sem medo, nos pavilhões de Portugal.

A mais recente conquista do Torneio das Vindimas em Lamego no passado fim-de-semana, que vai já na sua 16ª edição, foi a tradução deste rugir leonino. O torneio contou com a presença de equipas bastante respeitáveis no universo do voleibol nacional: além do Sporting Clube de Portugal, o Sport Lisboa e Benfica, o Vitória de Guimarães e o Sporting de Espinho. A final opôs os leões às águias, levando a melhor os primeiros sendo que essa vitória teve, por ser contra os eternos rivais, um sabor particularmente especial.

Tratou-se de uma final muito bem disputada que os leões ganharam com um resultado inequívoco de 3-1. Mas se o resultado foi inequívoco da supremacia do Sporting, os resultados dos parciais revelam o caráter disputado da partida: 25-23; 23-25; 25-18; 25-20.

Anúncio Publicitário
O Sporting iniciou bem os trabalhos de preparação para a temporada que se avizinha Fonte: Sporting CP
O Sporting iniciou bem os trabalhos de preparação para a temporada que se avizinha
Fonte: Sporting CP

Convém lembrar ainda que antes destes leões rugirem em Lamego, já tinham rugido bem alto em Santo Tirso, conquistando o Torneio Comendador Calém numa final que opôs “leões” e “conquistadores”, levando a melhor a equipa de Hugo Silva por 3-0, com os parciais de 25-22, 25-23 e 25-12. Esta vitória representou o primeiro troféu conquistado após esse tempo de interregno da modalidade no escalão sénior masculino, tendo por isso um valor simbólico extremamente importante.

Estes leões, a avaliar por aquilo que conquistaram na pré-época, levam a crer que vieram para ficar e para rugir alto e bom som nos pavilhões nacionais. Os rivais que se cuidem. Mas, para isso, é fundamental que a equipa mantenha a sua boa forma e que se apresente motivada e inspirada para levar já de vencida a equipa do Benfica, no Pavilhão João Rocha, na jornada inaugural da primeira divisão do campeonato nacional de Voleibol a 8 de outubro. Vamos Leões!

Foto de Capa: Super Sporting