futebol nacional cabeçalho

O Vitória de Guimarães conquistou apenas dois pontos nos últimos oito jogos. A equipa da terra do nosso conquistador Dom Afonso Henriques perdeu o comboio para a Liga Europa e agora vê-se obrigada a olhar para baixo, porque a manutenção ainda não está garantida.

Depois da vitória na última edição da Taça de Portugal, a equipa de Rui Vitória não teve um começo de época muito auspicioso; a equipa jogava de uma forma muito intermitente, e também intermitente era a conquista de pontos – apenas em duas ocasiões conseguiu vencer por duas vezes consecutivas, escasso para quem ambiciona lugares europeus.

Como detentor da segunda prova maior do futebol português, a Taça de Portugal, esperava-se mais do Vitória esta época; após vencer o Fátima na 3ª eliminatória por 0-3, os vimaranenses encontraram o Porto na ronda seguinte e foram impotentes perante a equipa orientada por Paulo Fonseca, na altura.

A casa do Vitória, Estádio Dom Afonso Henriques.  Fonte: vitoriasempre.net
A casa do Vitória, Estádio Dom Afonso Henriques.
Fonte: vitoriasempre.net

Os adeptos sempre muito veementes criticaram as atuações da equipa e a prestação do treinador, não só pela eliminação da Taça de Portugal como, na semana seguinte, pela eliminação da Taça da Liga. Estávamos em novembro e, como se não bastassem estas duas eliminações, o Vitória acabaria por somar no jogo seguinte uma nova derrota para o campeonato, e já estava a quatro pontos dos lugares europeus.

Anúncio Publicitário

Após isso, apareceram dez pontos em quatro jogos; a chama voltava a acender e o Guimarães já era quinto classificado. A partir daí foi o abismo completo: nos 13 jogos que se seguiram até à presente jornada, a equipa vimaranense apenas obteve oito pontos. Um registo paupérrimo para quem ambicionava a segunda presença consecutiva em competições europeias.

O presidente do clube, Júlio Mendes, não está contente e o próximo embate na liga diante do agora adversário direto, na luta pela manutenção, Arouca pode ditar o fim da linha para o jovem e promissor técnico Rui Vitória. Apesar de a vantagem sobre os lugares de descida ser relativamente boa, de oito pontos – faltam disputar apenas nove -, a continuar nesta senda derrotista o Vitória pode ainda passar por calafrios nesta Liga Zon Sagres. Isto hipoteticamente, visto que, em caso de empate diante dos arouquenses, fica garantida a manutenção.

Na vitória sobre o Arouca na 1º volta do campeonato.  Fonte: vitoriasc.pt
Na vitória sobre o Arouca na 1º volta do campeonato.
Fonte: vitoriasc.pt

O calendário é difícil (Arouca, Académica, Braga), mas a equipa vimaranense tem uma distância considerável; contudo, contas são contas e a calculadora indica que o Guimarães ainda não está a salvo e a recente senda vitoriosa das equipas que estão nos últimos lugares da tabela pode fazer a equipa de Rui Vitória passar por dificuldades.

A Páscoa trará decisões ou interrogações? O próximo fim-de-semana é decisivo, mas, para o Guimarães, a próxima quinta-feira é que é decisiva, isto porque o jogo frente ao Arouca está marcado para esse mesmo dia.

Na quinta veremos quem leva a melhor: se o Guimarães, que já não vence há oito jogos, se o Arouca, que nos mesmos últimos oito jogos conquistou sete pontos.

O campeonato está interessante e vai dar que falar até ao fim!

Comentários