Anterior1 de 8Próximo

Em meados de Novembro e com 11 jornadas do campeonato já disputadas, quatro jogos da Liga dos Campeões realizados e três jogos de cada uma das taças realizados, já é possível fazer um destaque daqueles que no Sport Lisboa e Benfica mais têm impressionado e daqueles que têm estado aquém do exigido.

Numa época de altos e baixos, onde a equipa sucumbe na Europa, mas vai, com claras dificuldades, liderando a nível nacional, as constantes fracas exibições do colectivo encarnado atormentam os benfiquistas.

Alguns têm sido responsáveis pela liderança encarnada, mas outros terão maior responsabilidade no fraco futebol exibido. Nesta lista de destaques ficam de fora jogadores que simplesmente ainda não surgiram, como é o caso de Svilar, Ebuehi, Conti, Fejsa e Zivkovic. Também não irei considerar nem Samaris nem Taarabt, dois mistérios deste arranque de época: aparecem tão depressa quanto desaparecem, como um fenómeno paranormal para o qual não existe explicação.

Segue, então, o meu top 6 de destaques deste arranque de época com um extra no final.

Anterior1 de 8Próximo

Comentários