Pressão máxima e clima tenso | Benfica x Vizela

    Benfica
    Primeira Liga, 22.ª jornada: domingo, 18 de fevereiro de 2024, 18h00.

    A ANTEVISÃO: SEM MARGEM DE ERRO, AS ÁGUIAS RECEBEM UM VIZELA EM CLARO CRESCIMENTO

    O Benfica recebe, neste domingo, o Vizela, penúltimo classificado da Liga Portuguesa à entrada para esta jornada. São 36 os pontos que separam as duas equipas, mas, apesar da distância, os estados de espírito de Benfica e Vizela, à partida para este jogo, contrastam um pouco com a situação que se vê na tabela classificativa.

    Em circunstâncias normais, o Benfica é muito superior ao Vizela. Em circunstâncias anormais, o Benfica continua a ser muito superior ao Vizela. No entanto, o futebol já nos provou várias vezes que não há resultados pré-determinados. Os encarnados não atravessam um bom momento e, do outro lado, há um Vizela a crescer sob o comando de Rubén de la Barrera. Na última jornada, a equipa orientada pelo técnico espanhol foi a Barcelos vencer o Gil Vicente, graças a um golo solitário de Samuel Essende. Antes disso, em casa, para a Taça de Portugal, ainda obrigou o Benfica a sofrer nos minutos finais, num jogo que terminou com a vitória da equipa de Roger Schmidt por 2-1.

    E por falar no treinador alemão, não param de chover críticas à temporada dos encarnados, sendo Schmidt o principal visado. A verdade é que o Benfica tem um plantel bastante bem apetrechado (com mais soluções do que na temporada transata), mas a qualidade exibicional das águias está a anos-luz do que já se viu. A primeira fase de pressão não tem funcionado (Gonçalo Ramos faz muita falta e Di María é pouco participativo sem bola), a transição defensiva é feita, muitas vezes, com os olhos e os problemas na construção continuam por resolver, mas agora sem Grimaldo para ajudar a escondê-los. Apesar disso, os resultados (19 jogos seguidos sem perder, primeiro lugar à condição e em igualdade pontual com o Sporting no campeonato, presenças na Liga Europa e nas meias-finais da Taça de Portugal) vão ajudando a cobrir as más prestações dentro das quatro linhas, mas até quando?

    No último encontro para a Liga, em Guimarães, o Benfica arrancou um empate a ferros, com um golo de Arthur Cabral já para lá dos 90 minutos. A meio da semana, para a Liga Europa, perante um frágil Toulouse, as águias precisaram de dois penáltis (o último também para lá da hora) para vencer a partida. Após o jogo, Schmidt referiu que a equipa merecia mais do que uma vitória pela margem mínima, elogiando a prestação dos seus jogadores. Se a exibição do Benfica já tinha deixado os adeptos encarnados descontentes, pior ficaram com as declarações do técnico alemão, que pareceu, mais uma vez, um pouco perdido.

    Do lado vizelense, o cenário não é animador, mas a vitória em Barcelos poderá reacender a esperança da equipa minhota. O trajeto de Rubén de la Barrera não começou bem, mas o técnico espanhol parece determinado em mudar o rumo dos acontecimentos. Na última partida, juntou a criatividade de Diogo Nascimento e Domingos Quina com o altruísmo e a inteligência tática de Samu Silva e Bruno Costa, mas foi o espírito de sacrifício e a belíssima exibição do guarda-redes italiano Francesco Ruberto que possibilitaram a conquista dos três pontos. Agora, na Luz, a tarefa será certamente mais complicada, mas a pressão está toda do lado do Benfica, que, sendo favorito, não quer deixar o Sporting distanciar-se na tabela classificativa.

    Para esta partida, tanto Benfica como Vizela têm baixas importantes. Do lado dos da casa, Orkun Kokçu e Florentino Luís estão de fora devido a acumulação de amarelos, sendo previsível a passagem de Aursnes para o meio-campo. Já no Vizela, Samu falha também a partida por acumulação de amarelos e Sava Petrov, expulso de forma inusitada em Barcelos, não vai a jogo.

    O árbitro nomeado é João Gonçalves, da AF Porto.

    10 DADOS RÁPIDOS

    1. Em 10 partidas entre Benfica e Vizela, nunca os minhotos venceram qualquer jogo. Nove vitórias para o Benfica e um empate.
    2. O único jogo entre estas equipas que não culminou com a vitória do Benfica ocorreu na temporada de 2021/22. Na altura, na Luz, o resultado foi de 1-1.
    3. A maior vitória do Benfica ocorreu na temporada de 1984/85. O resultado foi de 5-1.
    4. Nesses 10 jogos, os encarnados apontaram 23 golos. O Vizela marcou por sete ocasiões.
    5. Esta partida marca o encontro entre a melhor (Benfica) e a terceira pior defesa (Vizela) da Liga Portuguesa. Os encarnados têm 14 golos sofridos, contrastando com os 38 remates certeiros contra as balizas dos vizelenses.
    6. Além disso, o Vizela é o pior ataque do campeonato, em igualdade com o Casa Pia, com 19 golos marcados. O Benfica tem o segundo maior registo de golos marcados (46 golos), apenas atrás do Sporting (58 golos).
    7. O Vizela é a equipa mais faltosa da Liga Portuguesa (321 faltas).
    8. Em caso de vitória, as águias igualam a maior sequência de triunfos sobre o Vizela (5 vitórias consecutivas).
    9. Nunca o Benfica ficou em branco num jogo contra o Vizela.
    10. Em duelos contra o Vizela, Roger Schmidt só sabe o que é vencer, mas as águias, sob o comando do alemão, nunca marcaram mais de dois golos num encontro. Aliás, na história, só por duas vezes isso aconteceu (1984/85 e 2016/17).

    JOGADORES A TER EM CONTA

    Ángel Di María Benfica
    Fonte: SL Benfica

    Ángel Di María – Tem sido quase como um abono de família para os encarnados esta temporada. Para o bem e para mal, todo o processo ofensivo das águias gira em torno daquilo que El Fideo pode fazer. O argentino é o protagonista máximo da equipa encarnada e não tem qualquer tipo de problema em chamar a responsabilidade para si. Na última jornada, foi dos que mais sentiu o peso do contexto atípico (relvado pesado em Guimarães), mas isso não o impossibilitou de participar diretamente nos dois golos do Benfica, e logo com duas belíssimas assistências. Numa altura em que surgem dúvidas quanto aos benefícios/prejuízos que traz à equipa do Benfica, sobretudo pela pouca participação no momento defensivo, Di María vai respondendo com contribuições para golo. Nesta temporada, em 31 jogos, são já 20 (13 golos e sete assistências). Contudo, e por força dos seus 36 anos, a sua gestão física deixa algumas reticências para aquilo que resta da temporada.

    Fonte: Filipe Oliveira/Bola na Rede

    Samuel Essende – Fez formação no PSG e chegou a Portugal pela via do empréstimo, proveniente do Caen. Nesta temporada, com 24 jogos realizados, o avançado francês já apontou 11 golos e fez uma assistência. É o melhor marcador da equipa e o quarto jogador com mais minutos do plantel. No último encontro, foi dele o golo que permitiu à equipa vizelense chegar, finalmente, aos triunfos para o campeonato 14 jornadas depois. Tem sido uma das boas surpresas desta edição do Campeonato Português e deverá ser, na Luz, a principal arma do ataque do Vizela. A estampa física vai obrigar os defesas encarnados a cuidados redobrados.

    XI´s PROVÁVEIS

    Benfica: Trubin; Alexander Bah, António Silva, Otamendi e Álvaro Carreras; João Neves e Aursnes; Di María, Rafa Silva e João Mário; Arthur Cabral


    Treinador: Roger Schmidt

    Roger Schmidt não marcou presença na conferência de imprensa de antevisão ao encontro com o Vizela.

    Vizela: Ruberto; Tomás Silva, Jota Gonçalves, Anderson Jesus, Matheus Pereira e Lebedenko; Bruno Costa, Diogo Nascimento e Domingos Quina; Alberto Soro e Samuel Essende

    Treinador: Rubén de la Barrera

    «No desporto tudo é possível, para que isso seja possível temos de acreditar que podemos vencer na Luz. O Benfica está preparado para ganhar, construiu uma base para isso, também jogámos a meio da semana e vamos ter dois jogos seguidos fora. O Benfica vai jogar perante os seus adeptos. Benfica, FC Porto, Sporting e SC Braga são sempre favoritos, mas pretendemos competir diretamente, demonstrando o que somos e o queremos conquistar».

    PREVISÃO DE RESULTADO: Benfica 2-0 Vizela

    - Advertisement -

    Subscreve!

    Artigos Populares

    Angola consegue a primeira vitória na CAN 2024 de Futsal

    A seleção de Angola, orientada pelo português Marcos Antunes,...

    Bayern Munique com baixa importante até ao final da época

    O Bayern Munique não vai poder contar com Kingsley...

    Iván Fresneda voltou a entrar em campo pelo Sporting e já reagiu

    Iván Fresneda chegou esta temporada ao Sporting, mas não...