Anterior1 de 3Próximo

cartaaberta

Como grande benfiquista, não posso desistir à primeira derrota, nem vangloriar-me à primeira vitória. Não só devo apoiar a equipa nos maus momentos, assim como não devo questionar o porquê das coisas correrem ainda melhor. Por outras palavras, o Sport Lisboa e Benfica é um nome ímpar no futebol e Mundial e, como tal, não se deve contentar com pouco, deve sempre esperar tudo do melhor que o Mundo do futebol nos pode oferecer. Se a “marca Benfica” é das mais poderosas do desporto rei, deve continuar a ser dignificada dentro e fora de portas.

Inicialmente, reconheço todo o brilhante trabalho pela direção do nosso clube. Se há quinze anos atrás, o Benfica encontrava-se no abismo, com falta de investimento e reconhecimento internacional e com milhões de dívidas, as coisas têm vindo a mudar. Hoje em dia o Sport Lisboa e Benfica é o clube com mais sócios do Mundo (segundo o Livro do Guiness), é um clube com um dos melhores centros de estágio do Mundo, o Seixal, é um clube com um canal próprio, alcançou a hegemonia do futebol nacional na última década, tem uma estrutura ligada ao futebol, apenas ao alcance dos melhores e, com isto, surgem patrocínios milionários e também vendas milionárias. A verdade é que, uma coisa se mantém e é, sobre isto, que eu pretendo falar.

Caro Luis Filipe Vieira, a mesma cantiga da dívida continua desde os inícios do seu primeiro mandato. Se primeiramente entendia a dívida que provinha do passado, hoje em dia, sem grandes avanços, essa mesma desculpa já devia estar ultrapassada. Se o clube procura a independência financeira, a transparência e os resultados financeiros, mês após mês, devem correr no mesmo caminho!

Com isto, como não sou cego, gostava que me respondesse a uma pergunta importante: Se a dívida do Benfica não tem pressa em ser corrigida, porque é que tem pressa a vender os nossos jogadores? Se recebemos mais de 400 milhões do contrato com a NOS e conseguimos vender jogadores nas ordens dos 100 milhões por época, onde vai parar esse dinheiro todo? Será para abater a nossa dívida ou será para abater a sua dívida pessoal.

O mote para o sucesso, é claro e esclarecedor, “Primeiro o Benfica” Fonte: SL Benfica
O mote para o sucesso, é claro e esclarecedor, “Primeiro o Benfica”
Fonte: SL Benfica

No plano desportivo, o Benfica tem estado bastante bem em contexto nacional, então, um clube como o nosso tem que ir em busca do tão aclamado sucesso internacional. Como o próprio Luis Filipe Vieira o disse, o Benfica irá encontrar-se num futuro bastante próximo, com um onze constituído com vários jogadores provenientes do Seixal e estará em condições de vencer a Liga dos Campeões. Como será possível chegar a esse objetivo se todas as épocas vendemos as nossas estrelas? Como será possível se uma estrela da formação dura, no máximo, duas épocas no plantel principal?

Anterior1 de 3Próximo

Comentários