Primeira Liga, Jornada 30: sexta-feira, 19h, 30 de abril de 2021

ANTEVISÃO: TRÊS PONTOS PARA CONTINUAR A SONHAR COM O SEGUNDO LUGAR

Ainda antes do Clássico que tudo decide em relação aos lugares Champions, o SL Benfica desloca-se a Tondela com a difícil missão de conseguir a vitória e continuar certeiro na perseguição a FC Porto.

AS ÁGUIAS TÊM JOGO COMPLICADO EM TONDELA E NÃO PODEM CONTAR COM ALGUNS JOGADORES IMPORTANTES. SERÁ QUE VAI FAZER A DIFERENÇA? APOSTA JÁ NA BET.PT!

As baixas deixam antever tarefa mais complicada do que a prevista: Otamendi e Weigl ficam em Lisboa por acumulação de cartões (12º no caso do argentino e nono no caso alemão), além de Adel Taarabt estar a contas com uma limitação física que faz questionar a sua disponibilidade até para o encontro seguinte e Jardel, que merece referência por também constar no boletim clínico – seria ele o mais provável escolhido para completar a defesa a 3 e juntar-se a Veríssimo e Vertonghen.

Anúncio Publicitário

Jesus reiterou confiança em Morato na conferência de imprensa, assegurando que o facto de trabalhar consigo «estes meses todos» (jogou apenas na Taça de Portugal) é garantia de alto rendimento. Contudo, é improvável que o técnico português conte com o jovem brasileiro ou até com David Tavares – convocação inesperada – para suprimir as principais ausências do onze.

Prevê-se regresso ao 4-4-2, complementando a equipa com a entrada de Darwin Núñez. O maior fator inibidor da performance benfiquista será a atenção redobrada aos níveis de intensidade com que jogará o lateral-direito titular, já que tanto Diogo Gonçalves como Gilberto estão em perigo de exclusão, ambos com quatro cartões amarelos.

Do lado beirão, Pako Ayestarán é um homem precavido, profundo conhecedor dos meandros encarnados – foi ele o preparador físico de Quique Flores, em 2008-09. Noutras funções, mostra-se agora avisado em relação ao potencial contrário e à fase que atravessa.

«Estamos muito conscientes das diferenças que há entre nós e o Benfica. O nosso adversário ganhou nove dos últimos dez jogos, fez dezoito golos e sofreu cinco. Em todos foi um dominador claro…», além de revelar as nuances táticas contra as quais se preparou:  «[O Benfica apresenta] jogo exterior quando precisa e tem bons rematadores, faz muitos cruzamentos e é uma equipa difícil de defender, mas em todos os jogos há uma oportunidade…»

Porém, não pode contar com um dos principais destaques da sua equipa. John Murillo, de antiga ligação contratual aos encarnados, confronta-se com uma contusão no pé direito e está ainda em dúvida – depois de dois golos em dois jogos, foi obrigado a sair ao intervalo em Famalicão, constituindo a sua presença ponto de interrogação até à hora do encontro e única possível baixa do plantel. Pedro Augusto volta às opções depois de cumprir castigo.

De assinalar também a bonita iniciativa da qual o clube é protagonista. Nesta 6ª feira, o CD Tondela estreará nova camisola, em edição limitada, que reverterá o dinheiro das vendas para ajudar famílias mais carenciadas dos arredores. Um golo de levantar o estádio!

 

10 DADOS RÁPIDOS

  1. Mario González, artilheiro dos beirões emprestado pelo Villareal CF, tem 6 golos e uma assistência nos últimos 5 jogos. É o terceiro classificado na tabela de melhores marcadores da Liga NOS, com 13 golos.
  2. Pako Ayestarán e a equipa tiveram um mês de abril bastante positivo: três vitórias – Vitória SC, Moreirense e Nacional – , um empate em Famalicão e uma derrota caseira frente ao FC Porto.
  3. O SL Benfica nunca perdeu pontos no Estádio João Cardoso.  O CD Tondela apenas conseguiu disputar (e assegurar) pontos em visitas à Luz, e por duas ocasiões: 2017-18 (2-3) e 2019-20 (0-0).
  4. Gabriel e Pizzi, a concretizar-se a hipótese mais provável para a parelha do meio-campo, tentarão consolidar o seu recorde – 8 jogos juntos de início, 8 vitórias.
  5. Com 35 pontos já conquistados, os beirões estão a três do seu próprio recorde na Primeira Liga (38).
  6. Ultrapassar essa contagem também significará recorde ao nível classificativo – a manter-se no 9º posto, o CD Tondela melhorava o 11º lugar de 2017-18.
  7. A três pontos do Vitória SC (6º classificado) e com o SC Braga na final da Taça de Portugal, a classificação europeia passou a ser meta realistaem caso de vitória arsenalista, abre-se nova vaga para a Conference League na tabela.
  8. O CD Tondela é a sexta melhor equipa a jogar em casa, com 8 vitórias em 14 jogos e saldo positivo de golos: 15 para 13 sofridos.
  9. Tanto Sporting CP (0-1), FC Porto (0-2) como SC Braga (0-4) conseguiram vencer em casa dos tondelenses.

10. As “águias” contabilizam 98 golos marcados em toda a temporada: a marca simbólica dos 100 está á mercê duma exibição bem conseguida.

 

JOGADORES A TER EM CONTA

Enzo Martínez (CD Tondela) – O defesa-central uruguaio é peça importante na manobra defensiva dos auriverdes e será preponderante no bloqueio á criatividade encarnada: vai estar muitas vezes exposto ao ímpeto físico de Seferovic ou Darwin ou aos atrevimentos de Rafa, tendo a confiança dos colegas para ser pronto-socorro na maior parte das situações de aperto. Uma boa exibição sua será sempre bom sinal quanto ás aspirações beirãs.

 

Seferovic é o melhor marcador do SL Benfica
Fonte: Isabel Silva / Bola na Rede

Haris Seferovic (SL Benfica) – Está no auge o duelo com Pedro Gonçalves pelo troféu de melhor marcador da prova. O avançado suíço tem trabalhado muito e os dez golos nos últimos dez jogos, aos quais acrescem as três assistências, são prova da sua grande subida de forma e sustentam a ambição de repetir 2018-19, quando foi o principal atirador da Primeira Liga com 23 tentos. Por agora conta 18, com cinco jogos por cumprir.

 

XI´S PROVÁVEIS

CD Tondela: Trigueira; Tiago Almeida, Yohan Tavares, Enzo Martínez e Filipe Ferreira; Jaume Grau, João Pedro e Rafael Barbosa; Roberto Olabe, Salvador Agra e Mario González.

Treinador: Pako Ayestarán

“Sabemos que vai ser difícil, a partir daí temos de ser um bloco muito sólido, muito compacto, ser capazes de detetar em que momentos eles perdem a sua forma para a nossa transição fazer danos. Neste tipo de jogos temos mais oportunidades em transição do que em jogo posicional”.

 

SL Benfica: Helton Leite; Diogo Gonçalves, Veríssimo, Vertonghen e Grimaldo; Rafa, Gabriel, Pizzi e Everton; Darwin Núñez e Seferovic.

Treinador: Jorge Jesus

“O campeonato está muito equilibrado, fora de casa ainda mais difícil de somar pontos. Em Tondela sempre foi difícil, esta a fazer campeonato mais forte, é equipa com três  ou quatro jogadores espanhóis que dão qualidade boa. Os últimos resultados são indicador de que vamos ter algumas dificuldades. A equipa deve estar preparada para ao apertos com criatividade para suplantar estratégia do Tondela, que tem jogadores rápidos nas laterais, como o Salvador Agra”.

PREVISÃO DE RESULTADO: CD Tondela 1 – 2 SL Benfica

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome