O Sport Lisboa e Benfica tem, no seu plantel, vários jogadores merecedores de renovação de contrato. Ultimamente, o clube encarnado tem negociado extensões de contrato com variados jogadores do plantel e um dos visados foi Francisco Ferreira, mais conhecido por Ferro.

Ferro é um dos que chegou à principal equipa das águias via Bruno Lage, sendo mais uma aposta do SL Benfica na formação. A realizar a sua segunda temporada ao serviço dos encarnados, as boas exibições do jovem defesa central já lhe valeram a convocatória para a seleção nacional de Fernando Santos, ainda que não se tenha estreado com a camisola das quinas.

Na temporada transata, entre jogos na II Liga, Liga Europa, Taça de Portugal e Primeira Liga, Ferro disputou 37 jogos, tendo apontado três golos. Esta época, a sua importância na defensiva encarnada manteve-se e já conta com 12 jogos, tendo marcado um golo. O golo apontado por Ferro foi marcado na vitória por uma bola a zero no terreno do Tondela. Esse mesmo tento foi apontado na atual jornada e foi fulcral, uma vez que permitiu ao Benfica partilhar o primeiro lugar do campeonato com o Futebol Clube do Porto.

Ferro fez toda a sua formação no Sport Lisboa e Benfica e é, atualmente, uma das joias da coroa encarnada
Fonte: SL Benfica

Na presente época, o número 97 dos encarnados tem sido um dos centrais de eleição de Bruno Lage, que só prescindiu do jovem por duas ocasiões: na derrota frente ao Zenit por três bolas a uma e no nulo para a Taça da Liga frente ao Vitória Sport Clube. Em ambos os jogos, o seu substituto foi mesmo Jardel, que é um dos capitães da equipa da Luz.

Em fevereiro passado, o jovem de 22 anos já tinha visto o seu contrato melhorado, mas a sua preponderância no eixo defensivo dos encarnados valeram-lhe mais uma melhoria no contrato. Assim, o parceiro de Rúben Dias passará a receber qualquer coisa como cerca de 600 mil euros brutos anuais, muito mais que no anterior acordo. Em troca, o vínculo ao SL Benfica estende-se por mais uma temporada, até 2024, e a cláusula de rescisão também aumenta, para valores astronómicos: 120 milhões de euros!

No Benfica desde os iniciados, Francisco Ferreira é um menino da casa e mais um talento que sai, com sucesso, do Caixa Futebol Campus. A formação encarnada tem vindo a dar frutos e prova disso é a quantidade de jovens jogadores no plantel principal que fizeram a sua formação no clube. Nomes como Florentino Luís, Rúben Dias ou Gedson Fernandes constam no plantel do glorioso para o ataque ao “38” e todos eles são “made in Benfica”.

Certo é que as renovações no plantel não deverão ficar por aqui, até porque Luís Filipe Vieira e a restante estrutura, têm casos pendentes com peças chave do xadrez de Lage.

 

Foto de Capa: SL Benfica

Artigo revisto por Joana Mendes

 

Comentários

Artigo anteriorGP México: A ilusão da tensão
Próximo artigoPortugueses com semana para esquecer
Licenciado em Ciências da Comunicação, é no jornalismo desportivo que o Bruno encontra a sua razão de viver. A paixão pelo futebol foi-lhe incutida desde cedo, tendo até tido passagens pelas escolas de formação do Sport Lisboa e Benfica. O desporto sempre fez parte do seu quotidiano e agora, fora de campo, segue atentamente a atualidade desportiva, nacional e internacional.                                                                                                                                                 O Bruno escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.