Desde que o Benfica começou a apostar na formação e no uso de atletas da casa no plantel principal muito se tem falado da credibilidade futebolística desses mesmos jogadores. Nomes como Renato Sanches, Gonçalo Guedes, Nelson Semedo, André Gomes, entre outros, já foram muitas vezes capas de jornais mas ao mesmo tempo foram alvos de comentários menos positivos acerca da propaganda que se criou em volta dos mesmos.

João Félix não foge à regra. O médio ofensivo está a fazer a sua época de estreia ao serviço do plantel encarnado das águias e até já foi chamado por Fernando Santos aos convocados da seleção nacional. Ao mesmo tempo que o João se destaca como jogador, e tendo em conta o número de golos e participações nas diversas competições, as capas de jornais e os artigos sobre o atleta aumentam de uma forma substancial. Desde artigos de opinião até aos rumores de transferência do jogador a troco de milhões de euros, muitos são os artigos dedicados ao João Félix. O que levanta a questão: será o João Félix um prodígio ou uma estrela de comunicação? Eu consigo assumir que é um pouco dos dois pontos.

Não tenho dúvidas nenhumas de que João Félix é um prodígio do futebol português. Um craque que pode no futuro bater recordes. Um jogador que pisará pouco tempo o relvado do Estádio da Luz pois sairá a troco de milhões num dos próximos, se não o próximo, mercado de transferências. A qualidade individual e coletiva, passando pela técnica e velocidade que o caracterizam dão certezas acerca do valor que vão pagar pelo passe do camisola setenta e nove.

O sucesso do João Félix deve-se também ao trabalho de toda a equipa
Fonte: SL Benfica

Contudo, e contra aquilo que eu gosto, noto uma permanente e prejudicial divulgação de notícias, capas, artigos, em volta de um jovem que precisa de atuar dentro de campo com a total das capacidades e de cabeça fria. Compreendo que os jornais, as televisões, os redatores, precisem de “vender papel” usando assim um nome de um português que está nas bocas do Mundo. Muitas vezes exagerado o que é retratado nesses artigos, comparando-o já aos melhores do Mundo, é necessário ter cautela nas palavras pensando também nas consequências para o jogador que terá esta tanta divulgação de artigos sobre o jogador.

Anúncio Publicitário

O João Félix é um prodígio? Sim. É uma estrela de comunicação? Também.

Para bem do futebol, para bem de todos os prodígios do futuro do futebol português, seria importante uma maior noção por parte de quem tenta fazer jogadores autênticas estrelas da comunicação social.

Foto de Capa: SL Benfica

Comentários

Artigo anteriorFrente a Frente: Fábio Silva vs André Silva
Próximo artigoSporting CP 2-0 Vitória SC: Vitória, Vitória, Raphinha contou a história
O João é benfiquista desde que se lembra. Nascido e criado em Aveiro, com uma experiência de cinco anos de vida em Moçambique, vive em Lisboa desde Agosto de 2015. A acompanhar os jogos do Benfica desde sempre e sem falhar a presença no Estádio da Luz pelo menos uma vez por ano, desde sempre que escreve textos pessoais acerca do Benfica e sobre o futebol em geral. Com coragem para defender e criticar o clube da Luz sempre que for preciso, tem mais interesse pela arte do futebol praticado do que pelas polémicas ou aspectos que mancham o desporto rei.                                                                                                                                                 O João escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.