Foi com espanto que recebi a notícia de que o Grimaldo não está entre os convocados para a UEFA Champions League. No início do seu afastamento, falava-se em algumas semanas mas que a época não estava em risco, no entanto, as esperanças vão-se dissipando.

Será a recuperação da lesão mais prolongada que o esperado ou falta confiança no sucesso do Benfica nesta competição, onde vamos defrontar equipas de altíssimo nível?

Não vejo mais nenhum fundamento, para além destes, para o Benfica não ter inscrito o jogador. Até ao momento da lesão, o espanhol era peça fundamental no corredor esquerdo da equipa encarnada, um dos elementos de maior destaque no arranque da temporada, desde que Eliseu foi abrindo a vaga.

A lesão contraída e consequente operação, afastaram-no dos relvados desde 1 de Novembro de 2016, dia em que defrontou o Dínamo de Kiev para a Champions, curiosamente. Repouso e nada de esforços, vão fazer com que assim que estejam saradas as mazelas da operação que realizou à parede abdominal, tenha ainda que fazer uma pequena pré-época, certamente. Afinal, três meses já passaram e não sabemos quantos mais ainda teremos que esperar.

O ultimo jogo antes da lesão Fonte: Facebook Oficial de Grimaldo
O ultimo jogo antes da lesão
Fonte: Facebook Oficial de Grimaldo

A titularidade indiscutível que já havia conquistado não é por acaso, está constatado que o camisola 3 do Sport Lisboa e Benfica tem um potencial tremendo e apesar da sua juventude, apresenta uma performance muito completa em campo, tanto do ponto de vista defensivo, como atacante.

O segundo cenário é menos verosímil. O primeiro embate desta fase é com o Borussia Dortmund, do benfiquista Raphael Guerreiro, e todos sabemos que vai ser complicado devido ao poderio ofensivo dos alemães, que contam com jogadores de classe mundial – Aubameyang, Reus ou Dembele – mas o clube da Luz entra em todos os jogos com mentalidade vencedora e desta vez não será diferente, venha quem vier. A prioridade do Benfica é o campeonato, sim mas Rui Vitória já por diversas vezes frisou que não abdica de nenhuma prova em detrimento de outra, esses tempos na Luz, já lá vão e ainda bem.

Esta ausência do lateral esquerdo tem sido muito compensada pelo polivalente André Almeida, já que Eliseu também não tem estado na sua melhor forma. No entanto, ressalva seja feita para o último jogo para o Campeonato, com o Arouca, em que o açoriano, já completamente recuperado, fez uma exibição regular e positiva.

O jovem lateral canhoto de imediato conquistou o treinador, os adeptos e lá fora, há também alguns “tubarões europeus” que o têm debaixo de olho, como o Manchester City de Pepe Guardiola, que o conhece bem dos tempos de Barcelona, e até mesmo o Bayern de Munique já demonstrou interesse. Atualmente, encontra-se em vigor um contrato até 2021 e só por um grande negócio lhe será aberta a porta de saída.

Por enquanto, vamos (des)esperando pelo seu regresso, Grimaldo faz muita falta, assiste e marca golos que abrilhantam as exibições e é disso que o povo encarnado gosta!

Comentários