Anterior1 de 12Próximo

Chegámos ao final do ano civil e é necessário analisar quais foram as melhores escolhas de Rui Vitória ao longo do ano. Uma espécie de melhor onze que tivemos com o decorrer da segunda metade da época passada e primeira da presente época, num esquema tático de 4-3-3 – aquele que tem vindo a ser usado pelo Benfica.

O 11 ideal foi escolhido com base nas prestações individuais e coletivas dos jogadores. Não devemos, de forma alguma, deixar de realçar a importância do restante coletivo de jogadores, que, ao longo de 2018, contribuíram direta e indiretamente para os jogos do Sport Lisboa e Benfica.

Anterior1 de 12Próximo

Comentários

Artigo anteriorO XI do ano 2018: Sporting CP
Próximo artigoO XI do ano 2018: FC Porto
O João é benfiquista desde que se lembra. Nascido e criado em Aveiro, com uma experiência de cinco anos de vida em Moçambique, vive em Lisboa desde Agosto de 2015. A acompanhar os jogos do Benfica desde sempre e sem falhar a presença no Estádio da Luz pelo menos uma vez por ano, desde sempre que escreve textos pessoais acerca do Benfica e sobre o futebol em geral. Com coragem para defender e criticar o clube da Luz sempre que for preciso, tem mais interesse pela arte do futebol praticado do que pelas polémicas ou aspectos que mancham o desporto rei.                                                                                                                                                 O João escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.