logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

sl benfica cabeçalho 1Quero começar o texto desta semana com a seguinte frase: O meu avô é do Belenenses. O que é que isto tem a ver com o Benfica? Calma, tudo a seu tempo. O meu avô relembra-me que ele é do Belém todas as semanas e todas as semanas ele relembra-me que o Matateu era o melhor jogador de todos os tempos! De tal forma, que para ele o Matateu ainda devia jogar no clube. Podemos todos concordar que isso faria toda a diferença, porque o Belenenses começaria a marcar mais e a ganhar mais. Posto isto, vamos ao que interessa.

Deixando os Matateus desta vida, por palmas, quantos de vocês é que acham que o Benfica poderia estar bem melhor se voltasse a ter o Enzo? Ou o Gaitán? Ou o Rodrigo? Ou o Emerson? Estiquei a corda nesta última.

Agora os outros três são a mais pura das verdades. Teríamos melhor meio-campo com o Enzo a controlar as operações, uma ala direita ou esquerda (visto que já andou a navegar pelas duas) mais requintada com Gaitán e a sua classe e uma frente de ataque com Jonas e Rodrigo… Epá, não quero ser de intrigas, mas os guarda-redes tinham autorização para jogar de fralda.

Fonte: Instagram Oficial de Nico Gaitan
Fonte: Instagram Oficial de Nico Gaitán

Ok, um pouco de exagero, mas perdoem-me se sonho com uma utopia onde o Casillas vai à Luz e pede para ser substituído porque tem de ir ao berçário.

Este texto não tem como objectivo denegrir o actual plantel do Benfica. Longe disso. Somos campeões e isso vale o que vale. Contudo, existem duas ideias a reter. Primeiro, estes três exemplos destacam jogadores que foram campeões e heróis na Luz e que quando saíram por uns belos milhões, não conseguiram pegar de estaca.

João Valente é um apaixonado pela arte do futebol. Nascido e criado durante boa parte do tempo em Lisboa, começou a seguir este desporto com uns tenros quatro anos e, desde então, tem sido um namoro interminável. É benfiquista de gema – mas não um que só vê Benfica à frente! É alguém que sabe ser justo quer o Benfica ganhe ou perca e que está cá para salientar os porquês, na sua opinião, dos resultados. Como adepto de futebol que é não segue só a atualidade do futebol português; faz questão também de acompanhar a par e passo o que de mais importante acontece nos principais campeonatos. A conjugar com o seu interesse pelo futebol, e pela malha, desporto que descobriu porque o seu avô era campeão lá na rua, veio a escrita, forma que encontra de expor os seus pensamentos na esperança de um dia se tornar num grande jornalista de desporto, algo que dificilmente acontecerá mas, tudo bem, ele um dia há-de perceber isso.                                                                                                                                                 O João escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

João Valente é um apaixonado pela arte do futebol. Nascido e criado durante boa parte do tempo em Lisboa, começou a seguir este desporto com uns tenros quatro anos e, desde então, tem sido um namoro interminável. É benfiquista de gema – mas não um que só vê Benfica à frente! É alguém que sabe ser justo quer o Benfica ganhe ou perca e que está cá para salientar os porquês, na sua opinião, dos resultados. Como adepto de futebol que é não segue só a atualidade do futebol português; faz questão também de acompanhar a par e passo o que de mais importante acontece nos principais campeonatos. A conjugar com o seu interesse pelo futebol, e pela malha, desporto que descobriu porque o seu avô era campeão lá na rua, veio a escrita, forma que encontra de expor os seus pensamentos na esperança de um dia se tornar num grande jornalista de desporto, algo que dificilmente acontecerá mas, tudo bem, ele um dia há-de perceber isso.                                                                                                                                                 O João escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

FC PORTO vs CD TONDELA