1.

Fonte: SL Benfica

Jonas Gonçalves – Ah, o “Pistolas”… Ou, como gosto de dizer, “o João Vieira Pinto dos tempos modernos”. Um era o “Menino de Ouro”, o outro nasceu em Bebedouro, portanto qualquer semelhança com a realidade será pura coincidência. Penso que Jonas é um jogador que já dispensa apresentações. A par de João Vieira Pinto é, quanto a mim, o melhor jogador dos últimos 30 anos. O vasto talento que possui fá-lo carregar uma equipa inteira às costas, sendo tremendamente decisivo quando necessário. Alto nível de finalização, técnica, decisão, visão de jogo, critério, execução, passe… Jonas é um predestinado que teve o azar de nunca ter chegado a um clube que soubesse como aproveitar da forma correta toda a sua qualidade, que o fizesse sentir como o ídolo que merece ser e que lhe desse toda a confiança para rentabilizar a 100% os seus pontos mais fortes. O camisola dez é já o segundo melhor marcador estrangeiro do SL Benfica, com 122 golos, e o 14.º melhor de sempre, mas a sua marca ficará na História muito para além dos números apresentados, ou não representasse de forma mítica o jogador “à Benfica”. Um dia, contarei aos mais novos como era ver Jonas jogar pelo SL Benfica. E, tal como quando falo com o meu avô sobre Eusébio, entenderei a mágoa que sentirão por não terem coincidido com o tempo com ele.

Texto revisto por: Mariana Coelho

Foto de Capa: SL Benfica