O FORA DE JOGO

Fonte: Carlos Silva/Bola na Rede

Gabriel – Sem ideias e, talvez, sem técnica para as pôr em prática. Gabriel ainda não caiu nas graças dos adeptos e percebe-se porquê. Ainda que seja merecido um período de tempo para adaptação, a verdade é que é difícil tolerar tantas falhas do médio “encarnado”. Quando tocou na bola, raramente acertou: passes, posicionamento, até o último remate! Muito trapalhão e a precisar de confiança. Referir também a falta de posse dos encarnados, o erro de Onana no golo do Benfica – ainda que corrigido durante a partida -, e o mau comportamento dos adeptos holandeses instantes antes do jogo: para quem deu tanto espetáculo durante a partida, não condiz a sua atitude, que só foi corrigida com carga policial.

Foto de Capa: Carlos Silva/Bola na Rede

1
2
3
Artigo anteriorAltura de exibir o estofo de campeão
Próximo artigoSporting rumo à final-four da UEFA Futsal Champions League
Durante os seus primeiros seis anos de vida, o André não ligava a futebol. Até que no dia 24 de junho de 2004, quando viu o Ricardo a defender um penálti sem luvas, se apaixonou pelo jogo. Amante da história de futebol e sempre com factos na ponta da língua, tem Cristiano Ronaldo e Rui Patrício como os seus maiores ídolos.                                                                                                                                                 O André escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.