Anúncio Publicitário

Cabeçalho Futebol NacionalOlá Jorge. Deves estar a estranhar este e-mail. Não nos conhecemos pessoalmente, somente nos cumprimentámos uma ou outra vez no ano passado, pelo que deves estar a perguntar: mas que raio está este gajo a mandar-me um e-mail?

Pois é. Domingo fomos os dois homens a abater: eu em Faro e tu em Vilaverde. Aquilo foi mau de mais. A mim expulsaram-me o homem golo logo aos 25 minutos e ainda assinalaram um penalty perto do fim, acabando praticamente com a minha equipa. A ti, com uma defesa a permitir aquele golo, não há treinador que resista.

Sabes que eu já vou na sétima derrota seguida? É pá, mas a minha equipa na maioria dos jogos até não joga mal, cria ocasiões e tudo. Só que não marca. Mas cá atrás é que a coisa está péssima. Parece que os adversários contra nós são mais eficazes. E tu? Aposto que não foram aqueles adeptos mais ferranhos do Bessa que te tiraram o sono, pois não?

Anúncio Publicitário

Eu sou um bom treinador. Acho que já dei mostras disso. Mas ando com algum bruxedo contra mim. E tu também és, mas acho que às vezes tentas transmitir uma ideia demasiado sobrevalorizada de ti próprio. Desculpa, mas não sou de meias palavras. Nem a jogar à bola era de meios lances. No futebol tem de ser assim: ou é ou não é. Ou vai ou racha. Tu tens essa imagem de que parece estar tudo super controlado, de que estás acima do que quer que seja, mas eu não consigo ser assim. Se bem que às vezes era melhor. Eu fico com aquela cara que demonstra preocupação. E tu sempre com o mesmo semblante. É obra pá. Parabéns!

Bom, este era para ser um pequeno e-mail para te demonstrar a minha solidariedade pelo que aconteceu Domingo e para te dizer que provavelmente sinto o mesmo sabor amargo e a mesma vontade de que a jornada para o Campeonato chegue rapidamente. No entanto queria deixar-te também uma mensagem para sexta – feira (sim, sexta feira vamos jogar entre nós e, no máximo, só um de nós é que respirará um pouco melhor).