Anterior1 de 4Próximo

entrevistas bola na rede

Francisco Ferreira é, a par de Florentino, duas das caras novas do plantel principal dos encarnados e conta com dois golos em outras tantas presenças na Primeira Liga. O jovem que fez grande parte da formação no Seixal sempre mostrou o desejo e ambição de representar o SL Benfica e recuperamos hoje uma entrevista antiga de Ferro ao Bola na Rede.

Fonte: Carlos Silva/Bola na Rede

Francisco Reis Ferreira, defesa central que veste a camisola do SL Benfica há três épocas, conta com três internacionalizações ao serviço da equipa das Quinas.

Recentemente, tem sido destacado pelas suas prestações, a mais relevante fruto dos dois golos que marcou no derby de Juvenis A e pela notícia do contrato profissional assinado no passado dia 6.

Com seis anos de ligação ao SL Benfica, tomou o gosto pelo futebol na União Desportiva Oliveirense, clube onde jogava quando recebeu o primeiro convite, em 2009, para vestir a camisola de águia ao peito.

Vamos conhecer dimensões da vida deste jogador que extravasam os relvados. O desafio de viver longe da família, a sua forma de estar e de ser, e as suas expectativas para o futuro.

Imagem retirada do Facebook de Francisco Reis Ferreira
Facebook oficial de Francisco Reis Ferreira

BnR: Como foi o início da tua história no S.L Benfica?

Francisco Ferro [FF]: Quando tinha 12 anos, recebi o primeiro convite para integrar a equipa do SL Benfica e residir no centro de estágio. Porém, estive lá apenas dezoito dias… Não me adaptei porque nunca tinha estado tanto tempo longe dos meus pais. Não estava habituado a ter tanta autonomia e, com esta separação, não me senti preparado para dar este passo. Integrei a equipa da Associação Desportiva de Taboeira mas o Benfica continuou a acompanhar o meu percurso.

Anterior1 de 4Próximo

Comentários