cab futebol feminino

Jornal “A Bola”, a 26/01/2014 – “Líder do Campeonato já sonha com o Jamor”.

Jornal “A Bola”, a 27/01/2014 – “Chapelada rouba Jamor ao líder”.

Bom, em primeiro lugar, e antes de fazer qualquer comentário à monstruosa escorregadela do A-dos-Francos na Taça de Portugal feminina, tenho de fazer uma pequena observação. Há que elogiar o jornal “A Bola” pelo crescente acompanhamento que tem feito do futebol feminino português. Se, em textos anteriores, critiquei os media desportivos nacionais pela cobertura quase nula à modalidade, também é preciso elogiar quando fazem um bom trabalho – e este jornal, em particular, tem dedicado cada vez mais espaço ao escrutínio do futebol feminino nacional.

Retomando o assunto – “O quê? O A-dos-Francos foi eliminado da Taça?” É verdade. Depois de, na época passada, as atletas das Caldas da Rainha terem caído nas meias-finais da competição, frente ao Valadares Gaia, desta vez não foram além dos oitavos-de-final, serventia da equipa do Viseu 2001. “Então, mas, calma lá, nunca ouvi falar dessa equipa!” É normal, já que o carrasco do A-dos-Francos disputa actualmente o Campeonato de Promoção. “Espera, o líder isolado do Campeonato nacional foi eliminado da Taça por uma equipa da segunda divisão?” Bingo! Só que, atenção, as aparências iludem.

A-dos-Francos viu equipa de escalão inferior roubar-lhe o sonho da Taça http://futebolfemininoportugal.com/
A-dos-Francos viu equipa de escalão inferior roubar-lhe o sonho da Taça
http://futebolfemininoportugal.com/
Anúncio Publicitário

O Viseu 2001 está longe de ser só uma “equipa da segunda divisão”. Com 11 vitórias em 11 jogos disputados e o melhor ataque de todos os campeonatos nacionais femininos, com 89 golos marcados, as visienses são líderes da Série B do Campeonato de Promoção feminino. As semelhanças com a época transacta do A-dos-Francos são muitas, e quis o destino que estas duas equipas se defrontassem nos oitavos-de-final da Taça de Portugal. Ainda que fossem as grandes favoritas a passar à próxima fase da competição, o encontro adivinhava-se complicado para a equipa do A-dos-Francos. As líderes da primeira divisão feminina vinham de uma derrota desmoralizante com o Clube Futebol Benfica, na semana anterior, por quatro bolas a uma, e temia-se que este deslize pudesse trazer consequências para o plantel.

Desmotivado ou não, a verdade é que o A-dos-Francos controlou grande parte do jogo contra o Viseu 2001, mas não conseguiu concretizar as várias oportunidades de golo de que dispôs. Nulo no marcador, aos 90 minutos, chapéu soberbo de Patrícia Sousa sobre Joana Silva (a titular habitual da baliza do A-dos-Francos, Patrícia Morais, cumpria um jogo de castigo) e o Viseu 2001 carimbava a passagem aos quartos-de-final da Taça de Portugal, para rejúbilo dos adeptos fervorosos que estavam no Estádio Municipal do Fontelo.

Viseu 2001 é a única equipa que não está na primeira divisão a passar aos quartos da Taça www.viseumais.com
Viseu 2001 é a única equipa que não está na primeira divisão a passar aos quartos da Taça
www.viseumais.com

Afastadas do sonho da Taça, resta agora ao A-dos-Francos centrar todos os seus esforços na luta pelo título de campeão nacional. As últimas duas semanas foram madrastas para a formação das Caldas da Rainha. A equipa ainda goza de alguma margem na liderança da tabela classificativa, mas convém relembrar que os pontos das equipas serão divididos ao meio aquando da entrada na fase de apuramento de campeão, que está para breve. E, diga-se de passagem, não falta quem queira aproveitar o recente mau momento do líder e equipa sensação do campeonato nacional feminino…

Resultados dos oitavos-de-final da Taça de Portugal feminina:

CA Ouriense/Workfone 3-1 EFF Setúbal

C Futebol Benfica 5-1 Fundação Laura Santos

Vilaverdense FC 2-0 UR Cadima

Boavista FC 4-0 FC Cesarense

Clube Albergaria 8-0 Quintajense

FC Os Sandinenses 0-3 SU 1º Dezembro

SG Sacavenense 0-4 Valadares Gaia

FC Viseu 2001 ADSC 1-0 GDC A-dos-Francos

Comentários