O jogo que vai decidir quem fica na Liga Zon Sagres

    futebol nacional cabeçalho

    Com o fim da fase regular das ligas profissionais do futebol português, ficamos a saber que o Olhanense baixa à Liga Cabovisão e que o Moreirense e o Penafiel ascendem ao escalão máximo do futebol do nosso país. De referir também que o Boavista irá figurar na Liga ZON Sagres como os dois últimos clubes referidos, devido a decisão da Federação Portuguesa de Futebol.

    Também sabemos que a Liga Zon Sagres irá ter no próximo ano 18 clubes. O que não sabemos é qual será o clube de entre dois que irá ocupar a última vaga disponível no escalão maior.

    Temos de um lado o Paços de Ferreira e do outro o Desportivo das Aves. Um playoff irá decidir qual deles se manterá no mais alto nível do futebol português. Esse play-off será a duas mãos: a primeira dia 16, na Vila das Aves, e a segunda no dia 21, na capital do móvel.

    Com estes jogos como tema, analisemos as prestações dos clubes ao longo da época.

     

    Bebé, a grande figura do Paços Fonte: fcpf.pt
    Bebé, a grande figura do Paços
    Fonte: fcpf.pt

    O Paços de Ferreira começou a época da pior forma: a juntar às quatro derrotas consecutivas para o campeonato, foi eliminado do play-off da Liga dos Campeões com duas goleadas frente ao poderoso Zenit. No resto do campeonato o Paços nunca se encontrou e apenas em uma ocasião conseguiu vencer por duas vezes consecutivas. De resto teve longos jejuns sem vencer, sendo o mais longo de seis jogos, o que aconteceu por duas vezes. As seis vitórias em 30 jogos foram insuficientes para a salvação.

    Na Taça de Portugal, os pacenses também não foram felizes, passaram com dificuldades até à quinta eliminatória e foi aí que caíram. E adivinhem contra quem? É verdade, contra o Aves, num jogo em que estiveram a vencer por 1-0 e acabaram por perder por 1-2 frente aos seus adeptos. Apenas um aparte: o destaque da partida foi para Jaime Poulson, que fez os dois golos do Aves. O jovem português é dos quadros do Paços de Ferreira, mas foi cedido e vingou-se do seu clube-mãe.

    Quanto à Taça da Liga, os homens da capital do móvel também se mostraram impotentes para passar no grupo que foi liderado pelo Rio Ave, equipa sensação de Portugal este ano. A passagem pela fase de grupos da Liga Europa também foi muito inglória; apenas três pontos em seis jogos, com um golo marcado ao longo de toda a sua temporada europeia.

    Pelo Paços passaram três treinadores, nenhum deles com o sucesso pretendido. Um destes três é Jorge Costa, que vai tentar salvar a época em dois jogos.

    O Aves vai tentar o regresso à Primeira Liga Fonte: viva-agenda.com
    O Aves vai tentar o regresso à Primeira Liga
    Fonte: viva-agenda.com

     

    Passando à equipa do Desportivo das Aves. A sorte da equipa da Vila das Aves foi outra: nos 42 jogos do longo campeonato perderam por 11 vezes, mas apenas três delas foram na segunda volta. Este poderio da segunda metade do campeonato valeu-lhes um lugar merecido no play-off.

    A equipa do norte do país passou muito boas fases ao longo da época: esteve sem perder durante oito jogos e depois novamente sem perder durante sete jogos e ainda conseguiu por uma vez vencer por quatro vezes consecutivas.

    Com Quim na baliza conseguiram ser a terceira melhor defesa do campeonato, um fator salutar e também um fator de aviso para o Paços.

    Na Taça da Liga, o Aves ficou-se pela primeira fase de grupos, mas também não era este um dos objetivos da equipa; contudo, ficou um pouco aquém do esperado.

    Na Taça de Portugal a história foi diferente. O Desportivo eliminou o Aljustrelense, o Fafe e o Paços, todos pela margem mínima. Ao chegarem aos quartos-de-final o desafio era maior. Pela frente, um Sporting de Braga que apesar da má época é sempre uma equipa de grande qualidade. O Aves acabou por empatar no tempo regulamentar, mas no prolongamento não conseguiu suster o poderio físico dos bracarenses e acabou por perder por 3-1. Mesmo assim fica um sinal mais da campanha positiva do Aves.

    A época destes dois clubes resume-se pois a este play-off, ou liguilha, como preferirem. Dois jogos de emoções fortes, dois jogos da vida. Quem perder fica na segunda, quem ganhar integra a primeira. A diferença é de apenas um número, mas esse número significa muito para as aspirações destes dois clubes. Paços ou Aves: aguardemos atentamente para ver quem se superiorizará e consequentemente se integrará na Liga ZON Sagres.

    - Advertisement -

    Subscreve!

    Artigos Populares

    Artigo anterior
    Próximo artigo
    Marco Ferreira
    Marco Ferreira
    Praticou futebol durante 15 anos e é um apaixonado pelo desporto. Como todos os jornalistas tem um clube, mas considera-se isento.                                                                                                                                                 O Marco escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.