A contratação de Carraça pelo FC Porto foi uma das que causaram desde logo muita estranheza. Ainda que tenha vindo a custo zero e para uma posição que não tem tido um titular indiscutível, foi sempre difícil imaginar o lateral a acrescentar qualidade ao onze portista. Não é particularmente jovem, e mesmo no Boavista FC não se destacou de uma forma indiscutível.

A concorrência não é a mais forte, mas mesmo assim Carraça não conseguiu sequer ter oportunidades para mostrar-se aos adeptos portistas. Se eventualmente Nanú não tivesse sido contratado, ainda seria de esperar que tivesse alguns minutos, mas a preferência do treinador pelos jogadores mais rápidos tem deixado o lateral ex-boavisteiro completamente de parte dos convocados.

Tudo indica que Carraça não irá durar muito no FC Porto, sendo mais um lateral que não deixa a sua marca no Dragão. A primeira e, quiçá, única oportunidade que terá pode ser contra o Desportivo Fabril Barreiro, no jogo para a Taça de Portugal depois do fim da paragem de seleções. Se Sérgio Conceição acabar por apostar no português, este terá que impressionar seriamente para ainda ter alguma hipótese de ser relevante no FC Porto.

Anúncio Publicitário

Apesar de não ter tido espaço no plantel portista, a verdade é que Carraça encaixa nalgumas das ideias de Sérgio Conceição. Não é particularmente rápido, mas joga sempre com muita raça e muita entrega. Não é o jogador mais talentoso de sempre, mas Conceição já mostrou muitas vezes preferir este tipo de jogadores aos mais virtuosos, mas que por vezes jogam com menos intensidade.

Mas especialmente tendo em conta que foi a sua contratação que empurrou definitivamente Tomás Esteves para o seu empréstimo no Reading FC, é muito difícil encontrar algum sentido na vinda de Carraça para o Dragão. Mesmo que Carraça ainda chegue a ter alguns minutos contra os adversários mais fracos nas Taças, esses poderiam muito bem ir para um jovem jogador, como um prémio por todos os anos de formação.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome