cartaaberta

A posição de guarda-redes é provavelmente a mais ingrata no mundo do futebol. É aquela posição em que não podes falhar porque podes deitar tudo a perder. Enquanto os outros podem perder a bola imensas vezes, o guarda-redes não pode deixar escapar uma. E se erra… A probabilidade de ser golo é grande. E momentos infelizes acontecem até aos melhores do mundo!

“Vivemos de mãos dadas com o erro e a ingratidão” – Vítor Baía

E, depois do jogo de Braga, todos voltaram a apontar-te o dedo por causa daquele terceiro golo que confirmou a vitória da equipa da casa. Um golo que não teve influência no desfecho do encontro mas que acaba por servir de fundamento para inúmeras críticas e gozos. Porque, como já é hábito no futebol, um dia estás no céu e no dia seguinte voltas a cair para o inferno. E, confesso-te, Iker… Esse golo foi uma patetice, algo que não pode voltar a acontecer apesar de eu compreender o desespero que te levou ao erro.

Iker, quero que saibas que continuo a confiar plenamente nas tuas capacidades. Tens feito um esforço sobre-humano para manter a baliza inviolada mas nenhum guarda-redes consegue fazer milagres sem uma equipa sólida pela frente. Não te posso desculpar o segundo golo que sofreste contra o Dínamo Kiev, que acabou por derrotar animicamente o FC Porto. Ou, mais recentemente, o golo sofrido frente ao Vitória de Guimarães… Mas onde estaria o FC Porto sem as tuas grandes defesas em muitos outros jogos? Recordo-me, por exemplo, dos jogos contra o Benfica, tanto no Dragão como na Luz. Recordo-me da grande penalidade que defendeste contra o Tondela, numa infantilidade de Maicon. E ainda tenho presentes os últimos jogos que tens disputado com a camisola do FC Porto! Contra o Dortmund, contra o Belenenses, contra o Arouca…

Fonte: Iker Casillas
O 12.º jogador vai estar sempre a apoiar
Fonte: Instagram de Iker Casillas
Anúncio Publicitário

Há quem diga que a nível desportivo não vieste trazer nada de mais. Que ter um Helton ou um Fabiano seria a mesma coisa. E que, tendo em conta o que custaste, deverias render muito mais. Mas o que é render muito mais? E até que ponto é que podemos afirmar que eles fariam melhor figura? É tudo baseado em suposições e tu tens provado em vários jogos que és capaz de muito. Infelizmente, não és um super-homem, algo de que o FC Porto bem precisa neste momento. Há culpados bem maiores e para os quais nem se aponta o dedo. É tão relativo dizer que estás a jogar bem ou a jogar mal porque tens sofrido tantos golos… E é também bastante injusto tendo em conta que não jogas sozinho.

Quero ainda dizer-te que já ganhaste a minha admiração. Não pelo jogador que sempre foste mas pela pessoa que descobri que és. Alguém humilde e dedicado. Alguém que preza e respeita a instituição que representa, os próprios adeptos e adversários. Há uns tempos, foste o único que deu a cara e que pediu desculpa aos adeptos. Uma atitude destas, de um jogador que ainda nem tem um ano de casa, é de louvar.

Iker, temos dez finais pela frente. Ninguém atira a toalha ao chão! Eu olho para ti e vejo-te como um exemplo. Levanta-me esse balneário e berra com eles! Ainda vais conhecer a festa que se faz nos Aliados. Eu acredito!

Foto de Capa: Instagram de Iker Casillas

Comentários