logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

Com Brahimi na CAN, que Opções para Nuno Espírito Santo?

fc porto cabeçalho

O FC Porto atravessa um período marcado pela ausência daquele que é, provavelmente, o seu futebolista mais desequilibrador no último terço do terreno: Yacine Brahimi. Essa mesma ausência tem vindo a ser colmatada, predominantemente, por Héctor Herrera, mas… Que outras opções tem Nuno Espírito Santo ao seu dispor para fazer face à ausência do argelino? E o que podem, essas mesmas opções, oferecer à equipa?

Até ao momento, o treinador do FC Porto tem vindo a depositar a sua confiança, essencialmente, no capitão de equipa Héctor Herrera. O mexicano corre muito, mas nem sempre corre bem. Apesar da sua experiência futebolística, este apresenta dificuldades significativas ao nível da tomada de decisão e ao nível da técnica de receção e passe, embora tenha vindo a evoluir, consideravelmente, no que respeita a este último. Sob o ponto de vista posicional, sobretudo defensivo, Herrera não tem, também, muito a oferecer à equipa, acima de tudo, devido às tremendas dificuldades que sente quando é ultrapassado pela linha da bola.

Fonte: FC Porto
Fonte: FC Porto

Outra potencial opção para ocupar a posição é André André, futebolista muito acarinhado pela massa adepta do FC Porto e a quem, aquando da primeira época ao serviço do clube, muitos vaticinaram um futuro auspicioso. Apesar de ser um jogador aguerrido, e de ter aquilo que muitos apelidam de “mística”, este peca pela pouca inteligência na leitura do jogo e pela reduzida criatividade. Vítor Pereira afirmava que um jogador “à Porto” deve ter, acima de tudo, qualidade. Porém, é precisamente essa qualidade que falta a André André para que este se possa afirmar como indiscutível numa equipa com a dimensão do FC Porto.

Foto de Capa: Facebook Oficial de Yacine Brahimi

Apaixonado por futebol desde a segunda infância, Francisco Sampaio tem no FC Porto, desde esse período, o seu clube do coração. Apesar de, durante os 90 minutos, torcer fervorosamente pelo seu clube, procura manter algum distanciamento na apreciação ao seu desempenho. Autodidata em matérias futebolísticas, tem vindo recentemente a desenvolver um interesse particular pela análise tática do jogo. Na idade adulta descobriu a sua segunda paixão, o ténis, modalidade que pratica de forma amadora desde 2014.                                                                                                                                                 O Francisco escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

Apaixonado por futebol desde a segunda infância, Francisco Sampaio tem no FC Porto, desde esse período, o seu clube do coração. Apesar de, durante os 90 minutos, torcer fervorosamente pelo seu clube, procura manter algum distanciamento na apreciação ao seu desempenho. Autodidata em matérias futebolísticas, tem vindo recentemente a desenvolver um interesse particular pela análise tática do jogo. Na idade adulta descobriu a sua segunda paixão, o ténis, modalidade que pratica de forma amadora desde 2014.                                                                                                                                                 O Francisco escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

[my_elementor_post_nav_output]

FC PORTO vs CD TONDELA