Anterior1 de 3Próximo

O FC Porto dirigiu-se a Trás-os-Montes para agarrar os três pontos e manter distância dos restantes clubes no pódio. Pepe estreou-se a titular na Liga NOS e Militão no lado direito da defesa portista. Num dia frio em que Braga e Benfica também jogavam, o FC Porto ganhou por 4-1, com três golos de Tiquinho Soares e um autogolo do ex-jogador portista, Nuno André Coelho. A liderança mantém-se e resta esperar ao FC Porto que os adversários escorreguem para aumentar a distância.

Nos primeiros 15 minutos da partida não houve qualquer lance de perigo para ambas as equipas. Foi marcado por uma luta acesa pela bola, no entanto, o FC Porto conseguia mais bola que o GD Chaves. No entanto, foi o conjunto de Tiago Fernandes, ex-treinador interino do Sporting CP, foi quem fez o primeiro remate à baliza. Casillas ia comprometendo ao não conseguir agarrar o primeiro remate, mas a bola foi afastada rapidamente pela defesa portista antes da recarga. O GD Chaves ainda ameaçou de novo com William a desviar o cruzamento de Costinha, mas a bola foi por cima da baliza.

Marega aos 23 minutos de jogo remata forte após cruzamento de Militão, mas António Filipe defendeu para canto. Canto batido por Alex Telles, desvio de Moussa Marega e eis que aparece Tiquinho Soares para fazer o primeiro golo do jogo! 6º golo do brasileiro na edição 2018/2019 da Liga NOS.

O Chaves não dava espaço para os azuis e brancos fazerem o seu jogo e tentava sempre ameaçar a baliza do FC Porto até que Luther Sing, do lado esquerdo do ataque flaviense, corta para dentro e remata para uma grande defesa de Casillas.

A três minutos do intervalo, Corona dribla Djavan do lado direito do ataque, passa para Marega que leva a bola até à linha de fundo e cruza rasteiro para Soares fazer o segundo golo do FC Porto! Os dragões vão para o intervalo mais confortáveis com uma vantagem de dois golos sobre o Chaves e com os três pontos na mira.

Soares esteve em destaque no encontro
Fonte FC Porto

A segunda parte foi um deserto de oportunidades/lances de perigo. O FC Porto procurava guardar a bola e não arriscar, à espera de um possível contra-ataque. O único lance de perigo foi de Soares aos 59 minutos, que procurava fazer o terceiro na partida, mas a bola saiu por cima. Entre os 59 e os 62 minutos saíram dois amarelos do bolso de Nuno Almeida. O primeiro para Luther Sing por falta sobre Militão e, de seguida, para Corona, por falta sobre o já amarelado, Luther Sing.  A primeira substituição do jogo aos 66 minutos, Felipe saiu com queixas na perna direita e Mbemba entra para o seu lugar, passando Militão para central e Mbemba fica no lado direito da defesa azul e branca.

A dois minutos dos 70, Herrera vira o jogo perto da grande área para o lado direito e Corona aparece já dentro da grande área e passa para Soares fazer o hat-trick! Excelente jogo do avançado brasileiro, aumentando a sua marca na liga portuguesa para 8 golos.

Tiago Fernandes quis reagir e manda Niltinho para dentro das quatro linhas, fazendo sair o recém-chegado Costinha. Sai também André Luís e entra Erdem Sen. Do lado do FC Porto sai Brahimi e entra Fernando Andrade.

Aos 75 minutos de jogo, William recebe uma bola dentro da grande área e Pepe, ao pressioná-lo, acaba por fazer falta segundo Nuno Almeida. Bruno Gallo é chamado à cobrança da penalidade máxima e reduz para 1-3.

A 10 minutos do fim, Fernando Andrade, primeiramente, ameaçou a baliza de António Filipe depois de um passe de Marega. O brasileiro tentou fintar o guardião do GD Chaves, mas a tentativa foi mal sucedida. Platiny entrou para o lugar do sul-africano Luther Sing, Corona saiu para entrar Adrián López e Tiquinho Soares criou duas oportunidades de muito perigo. No entanto, acabou por ser Fernando Andrade a criar o 4º golo dos dragões. Grande passe de Militão, a atravessar o meio campo e a chegar a Fernando Andrade que recebe a bola com sucesso, faz um chapéu a António Filipe e quando vai para rematar para dentro da baliza, Nuno André Coelho faz o corte para dentro da baliza, marcando assim um auto-golo.

Acaba o jogo em Chaves, temperaturas baixas, mas um jogo quente em Trás-os-Montes para o FC Porto. Um dia após o aniversário de Tiquinho Soares, o brasileiro fez um hat-trick e teve direito a ouvir um cântico de parabéns por parte dos Super Dragões.

ONZES INICIAIS E SUBSTITUIÇÕES

GD Chaves: António Filipe; Lionn, Nuno André Coelho, Maras, Djavan; Costinha (Niltinho, 70’), Jefferson, Bruno Gallo; Luther Singh (Platiny, 82’), André Luís (Erdem Sen, 74’), William.

FC Porto: Casillas; Éder Militão, Pepe, Felipe (Mbemba, 66’), Alex Telles; Corona (Adrián López, ,86’) Herrera, Óliver, Brahimi (Fernando Andrade, 72’); Marega, Tiquinho Soares.

Anterior1 de 3Próximo

Comentários