Estamos perante um novo ciclo no FC Porto – Marega já não conta e, solução esteve sempre à nossa frente. Se durante a maior parte da época contamos com a dupla Marega/Taremi, agora vemos o crescendo de um jogador que para muitos não teria o estofo necessário para assumir a titularidade no clube, como todos já nos apercebemos, estou a falar do espanhol, Toni Martínez.

O mesmo que jogador que chegou a ser quarta opção para a posição, é um exemplo de perseverança e dedicação. Agarrou as oportunidades que lhe foram oferecidas e mostrou ser capaz de causar danos nas balizas adversárias. Está, neste momento, a mostrar que merece ser titular nesta nova fase, sem o jogador fetiche de Sérgio Conceição. De relembrar que o jogador em 19 jogos na Primeira Liga, já tem 7 golos com apenas 662 minutos de jogo, algo que pode parecer curto, mas relembrado que era um suplente com poucos minutos de jogo, melhora as estatísticas aos olhos do mais críticos.

Toni e Taremi
Fonte: Diogo Cardoso / Bola na Rede

De Taremi será desnecessário justificar a sua utilização. É o melhor marcador do plantel, a isso junta, ainda, a qualidade com a bola nos pés e a possibilidade de abrir espaços entre os defesas. Daí os dois jogadores serem um encaixe perfeito neste FC Porto, não nos podemos esquecer que, durante grande parte da época 2020/2021, a finalização era uma das maiores lacunas da equipa com oportunidades perdidas que poderiam representar três pontos. Estes garantem golos, engane-se quem pensa que estou iludido por esta dupla e que acredito que vão resolver todos os jogos, contudo, podem criar mais na frente e oferecer mais oportunidades para levar a equipa mais longe nas competições.

Chega olharmos para os três últimos jogos do FC Porto – juntos na frente já renderam seis golos e quatro assistências, estatísticas muito positivas que podem ser olhadas como o futuro do ataque portista. Sem a pressão de lutar pelo título, e com os objetivos atingidos, foi o momento de colocar os jogadores em campo para ganhar confiança e criar rotinas para dar frutos no ataque pelo título do ano 2021/2022.

Anúncio Publicitário

Resta agora saber como será a abordagem ao próximo defeso e se o treinador continua. No entanto, parece obvio que entrará um ponta-de-lança, isto pode fazer com que, desta dupla alguém seja remetido ao banco de suplente, o candidato será claramente o espanhol, Taremi já tem o estatuto de peça fundamental pelo que oferece à equipa.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome