Anterior1 de 3Próximo

Cabeçalho Futebol Nacional

O Futebol Clube Famalicão deslocou-se ao reduto da Associação Desportiva Fafe na 35ª jornada da Ledman Liga Pro, num jogo em que a rivalidade entre os dois emblemas foi motivo de enchente no Parque Municipal dos Desportos.

O jogo começou com o Famalicão a querer tomar as rédeas da partida com um livre direto de Feliz, batido na ala direita, a passar perto da baliza de Ricardo Fernandes. O Fafe na primeira vez que conseguiu chegar à área famalicense criou perigo, Alan Júnior recebeu dentro de área, com uma simulação tirou Vilaça do caminho e rematou seco para defesa segura de Gabriel Souza.

Os visitantes tentaram responder por intermédio de Chico, mas o remate saiu muito ao lado da baliza fafense. Aos 20 minutos da primeira parte, o golo do Famalicão, combinação na ala direita entre Mendes e Joel, com o camisola 23 a ganhar a linha de fundo, a cruzar para a pequena área e a aparecer, vindo de trás, Mércio a cabecear para o 1-0. Festa rija nas hostes famalicenses: estava aberto o marcador em Fafe.

Ao intervalo, o técnico Tonau tira Lytvyn e coloca Landinho e, logo no reatamento da partida, Mendes, na esquerda, ganha a frente ao lateral fafense, consegue entrar na área e, já sem ângulo, remata às malhas laterais, criando a primeira ocasião de perigo para os comandados por Dito, em estreia no banco famalicense.

Este foi o 17º empate entre ambas as equipas Fonte: Facebook do AD Fafe
Este foi o 16º empate entre ambas as equipas
Fonte: Facebook do AD Fafe

As cerca de 3 mil pessoas viram o Fafe tirar Pedro Pereira e colocar Digas em campo e, logo de seguida, a desmarcação de Alan Júnior, frente a frente com Gabriel, mas o guarda-redes canarinho a levar a melhor com uma saída rápida dos postes.

Dito também mexeu na equipa, tirando o já desgastado Chico e colocando o extremo Gevaro e logo imediatamente, após passe de Feliz, Carlão tem nos pés a possibilidade de ampliar a vantagem famalicense, mas atira para defesa de Ricardo Fernandes.

O Fafe apertava a malha em busca do empate e Digas, acabado de entrar, cruza para dentro de área e De Carvalho não consegue emendar à boca da baliza.

A equipa da casa tanto forçou que conseguiu o golo do empate. Passe para a entrada da área, corte incompleto da defesa famalicense e Samu, já dentro da área, a rematar rasteiro para o empate: era a festa em Fafe.

Dito respondeu tirando Mércio e colocando André Perre e saiu Mendes para entrar Diogo Cunha, Tonau também tirou Alan Júnior e colocou Joãozinho. O Famalicão podia ter passado novamente para a frente, Gevaro ganha em velocidade à defesa fafense, fica cara a cara com Ricardo Fernandes e remata à figura, fazendo prevalecer o empate. O Fafe teve um último suspiro, numa cabeçada de Jota para fora após canto da esquerda.

Fim do jogo, empate a 1, Famalicão e Fafe continuam na luta pela manutenção na Ledman Liga Pro.

Foto de Capa: Facebook do FC Famalicão

Anterior1 de 3Próximo

Comentários