Numa altura em que a nova temporada se aproxima, o Sporting CP continua a preparar o seu plantel para a nova temporada. Algumas saídas, algumas entradas e sobretudo algumas incertezas. Será importante analisar todas as movimentações de mercado, quem sai, quem entra e analisar aquele que será o plantel leonino que irá atacar as competições na época que se avizinha. Irei começar por analisar neste artigo uma das posições que nos últimos dias já sofreram algumas alterações e que podem indicar desde já qual será o caminho a seguir por parte dos responsáveis leoninos. Irei começar então por analisar os donos das redes leoninas e quem deverá – na minha opinião – assumir o lugar de número um.

Na época que findou, começamos primeiramente por ver Emiliano Viviano como primeira escolha. Alguns erros na pré-época, a juntar à má forma física com que chegou a Lisboa e uma eventual ligação ao treinador Sinisa Mihajlovic com quem tinha trabalhado anteriormente, acabaram por ditar o afastamento do guarda-redes italiano. Desde então, Romain Salin foi o dono da baliza leonina. Tudo corria na perfeição ao francês, mas uma lesão no jogo diante do Portimonense fez com que Renan Ribeiro fosse chamado a assumir o lugar nesse jogo e de onde nunca mais saiu.

Renan Ribeiro acabou por ser um talismã na conquista da Taça da Liga e na Taça de Portugal onde se destacou por defender de forma precisa algumas grandes penalidades e por assegurar assim mais dois troféus para o museu leonino. O brasileiro foi ganhando o seu espaço e acabou por ter uma prestação sólida – sobretudo na parte final da época – e contou com 38 jogos de leão ao peito. Esta aposta e o crescimento do guarda-redes que havia representado o Estoril na época transata, fizeram com que, já nesta preparação da nova temporada, Romain Salin fosse dispensado de Alvalade acabando por rumar aos franceses do Stade Rennais.

Ao que tudo indica, Luís Maximiano subirá a número dois na baliza leonina
Fonte: Sporting CP

O Sporting CP neste momento conta então com dois guarda-redes no seu plantel: Renan Ribeiro e Luís Maximiano. Emiliano Viviano dificilmente terá lugar no plantel por diversos fatores. Por um lado, creio que será o elevado salário que aufere o principal fator para não continuar nos planos de Marcel Keizer. Por outro lado, o italiano fez uma excelente época na SPAL e o destaque que obteve acaba por despertar o interesse de clubes como a Fiorentina e como o Parma. Conta com um valor de mercado a rondar o 1M€ de euros e creio que uma possível venda poderá ser então o destino de Viviano.

Sendo que nos rumores de transferências e nas notícias desportivas não é dado conta de um possível interesse em algum guarda-redes por parte dos responsáveis leoninos, creio que os dirigentes confiam em Renan Ribeiro para ser novamente o número um leonino e então Luís Maximiano será o seu mais direto rival como número dois na baliza leonina. A minha opinião é que a manter-se esta situação a minha aposta seria efetivamente no Luís Maximiano como número um.

Há uns tempos atrás escrevi um artigo sobre o jovem português que dá conta disso mesmo e onde saliento as suas qualidades e o porquê de na minha visão, ser superior aos restantes guarda-redes no plantel e o porquê também de já ter capacidade para ser uma aposta (mais) regular. O cenário ideal seria a venda de Renan e contratar alguém para número um com outros créditos e que ajudasse também na adaptação e crescimento de Maximiano. No entanto, não vejo isso como uma prioridade neste momento para os responsáveis leoninos, sobretudo também pelos pontos que Renan Ribeiro já conquistou diante do treinador e também por existirem posições mais carentes e necessitadas no plantel.

Aceito assim perfeitamente esta posição de contarmos com os dois guarda-redes que referi, se isso significar um maior investimento e um maior esforço financeiro noutras áreas do campo. Creio que o facto de Maximiano subir na hierarquia de guarda-redes rentabiliza os recursos internos e acabará por também libertar verbas, sobretudo se a venda de Emiliano Viviano se realizar.

Foto do Capa: Sporting CP

Comentários