Começa em breve mais uma época, a bola volta a rolar e encerra-se o período de empréstimo de João Mário ao Sporting CP que é, sem margem para dúvidas, um dos jogadores mais influentes do atual plantel leonino. O impasse na sua contratação em definitivo, algo da vontade do próprio, tem deixado os adeptos ansiosos. E não é para menos.

É de conhecimento geral que o Inter de Milão não conta com o médio português, e que sabendo que não irá reaver o investimento feito em 2016, já só o quererá vender, pelo que o único entrave seria mesmo a redução do salário para poder ficar em Alvalade. No entanto, um clube que acaba de ser campeão nacional e que irá jogar a Champions League não pode ser tão relutante na contratação em definitivo de uma pedra fundamental da sua equipa de futebol.

Esta época, João Mário realizou 34 jogos de leão ao peito, sendo titular em 28 e apontando dois golos, ambos de grande penalidade. Pode-se argumentar que é um jogador com uma capacidade de finalização abaixo da média, mas é importante lembrar que o mesmo foi importantíssimo no controlo do jogo – quando foi preciso gerir o ritmo da partida, o número 17 estava lá.

Com a bola nos pés, João Mário é o jogador mais experiente da equipa leonina
Fonte: Carlos Silva / Bola na Rede

Trata-se de algo que não é tão vistoso para os adeptos como um golo ou uma assistência, mas que é igualmente importante. E foi também aí que o Sporting CP ganhou o campeonato. Sem um jogador tão criterioso como João Mário, eram claras as dificuldades da equipa para manter a posse de bola e foi precisamente nesses períodos em que era “sufocada” pelos adversários.

Anúncio Publicitário

Para além da sua indubitável qualidade enquanto jogador, também é importante ver o lado emocional da questão. Falamos de um dos jogadores mais experientes e respeitados no balneário. Apesar da sua personalidade pacata, é um líder, até pela sua eloquência no discurso. Foi formado no clube e é campeão da Europa, pelo que tem já estatuto no plantel e figura-se como uma referência para os mais novos: como Nuno Mendes, Daniel Bragança ou Tiago Tomás.

Posto isto, João Mário é, para o Sporting CP, um jogador sem valor. Não me entendam mal: não vale cinco, oito ou dez milhões – vale muito mais que uma simples quantia em dinheiro. E é isso que terá de ser levado em conta na sua permanência.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome