sporting cp cabeçalho 2

Existem factos indesmentíveis… O facto de a equipa de futebol do Sporting Clube de Portugal estar a realizar uma época absolutamente abaixo das expectativas a todos os níveis, é um facto indesmentível. Já aqui referi a falta de qualidade, contra todas as expectativas diga-se, do plantel. O erro que terá porventura sido, dar carta branca a Jorge Jesus para adquirir jogadores segundo a sua vontade e os seus desejos.

Mas não podem ser descurados os erros claros de arbitragem que interferiram de forma decisiva na performance da equipa. Foram muitos e escandalosos… Fomos beneficiados claramente contra o Futebol Clube do Porto, há que saber reconhecê-lo, e eu sinto de facto repulsa ao vencer dessa forma. Mas a partir da sétima jornada da Liga NOS, tornou-se um hábito os árbitros influenciarem as partidas da “turma de Alvalade”, constantemente em prejuízo do próprio Sporting.

Em Guimarães, o lateral direito Ezequiel Schelotto, foi claramente empurrado por Soares que atirou na sequência da falta não assinalada, para o 3-3 que tirou dois pontos ao Sporting Clube de Portugal. À nona jornada, na Choupana, num jogo em que o Sporting teve um comportamento mau em campo, não foi assinalada uma clara grande penalidade sobre Bruno César, em lance que poderia ou não, levar os três pontos para Lisboa. Dessa forma, os leões ficaram a sete pontos do primeiro classificado, o Benfica.

1
2
Artigo anteriorManchester United: E o número 7 vai para…
Próximo artigoE no fim ganha Ogier
Apaixonado incondicional pelo Sporting Clube de Portugal, quem lhe tira o futebol, tira-lhe a alegria de viver. Não se deixa cegar pelo clubismo, mas não deixa que ninguém espezinhe “o leão de Alvalade”. Embora esteja a 2000 km, não perde pitada do futebol português!                                                                                                                                                 O Vasco não escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.